Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Antropologia dos Direitos Humanos

Código

711001052

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Antropologia

Créditos

6.0

Professor responsável

Maria Cardeira da Silva

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português

Objectivos

a) Recensear e enfrentar os diferentes desafios epistemológicos e éticos que o princípio dos direitos humanos colocam à disciplina.
b) Percorrer historicamente a construção do conceito de Direitos Humanos e das Instituições que lhe estão directamente associadas.
c) Percorrer as etnografias relativas a algumas das áreas mais significativas de preocupação e aplicação dos Direitos Humanos.
d) Percorrer as etnografias de algumas organizações internacionais governamentais e não governamentais ligadas aos Direitos Humanos.
e) Fornecer instrumentos metodológicos para a investigação na área dos Direitos Humanos.

Pré-requisitos

Não tem.

Conteúdo

1. Escrevendo pro e contra a cultura.
2. Genealogia dos Direitos Humanos. As diferentes «gerações» dos direitos humanos. Organizações Internacionais e OnGs
3. História de uma relação perigosa: Antropologia e Direitos humanos.
4. «The Clash of civilizations»: Direitos Humanos, Relativismo cultural e novas retóricas da política internacional.
5. Direitos Humanos da Mulher e a retórica da «Salvação das Mulheres».
6. Direitos Humanos e Multiculturalismo
7. Direitos Humanos e a Antropologia dos Refugiados.
8. Violência e Sofrimento
9. Direitos e movimentos indígenas

Bibliografia

ISHAY, Michelin R., The History of Human Rights. From Ancient Times to the Globalization Era, Berkeley, University of California Press, 2004
WILSON, Richard Ashby e MITCHELL, Jon P., Human Rights in Global Perspective. Anthropological Studies of Rights, Claims and Entitlements, Londres e Nova Iorque, Routledge, 2003
COWAN, J. K., DEMBOUR, M-B. e WILSON, R. A. (eds.). Culture and Rights. Anthropological Perspectives, Cambridge, Cambridge University Press, 2001, pp. 31-56
FISHER, W. F., “Doing Good? The Politics and Antipolitics of NGO Practices”, Annual Review of Anthropology, Vol. 26, 1997, pp. 439-464.
MALKKI, Lisa H., “Refugees and Exile: From “Refugee Studies” to the National Order of Things”, Annual Review of Anthropolog,. Vol. 24, 1995, pp. 495-523.

Método de ensino

.Regime de seminário.
.Momentos de enquadramento teórico
.Sessões temáticas de discussão de textos, filmes e estudos de caso para cada um dos módulos .
.O ritmo de trabalho obrigará à leitura de, pelo menos, um texto para cada aula, para além da leitura progressiva das obras consideradas de formação teórica global.

Método de avaliação

Participação regular nos debates temáticos (40%) e a elaboração de um teste final (60%)ou um trabalho escrito final baseado na bibliografia sugerida para um dos painéis (máximo de 8 páginas = 30%) e a elaboração de um teste final (70%).

Cursos