Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Geologia Estrutural

Código

7712

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Departamento

Departamento de Ciências da Terra

Créditos

6.0

Professor responsável

José Carlos Ribeiro Kullberg, Rogério Eduardo Bordalo da Rocha

Horas semanais

5

Língua de ensino

Português

Objectivos

Objectivos gerais:
- transmitir conhecimentos no sentido dos alunos reconhecerem e interpretarem a génese de estruturas geológicas de origem tectónica, relacioná-las e conhecer exemplos no território nacional;
- adquirirem especial proficiência na utilização da projecção estereográfica e na análise e interpretação de mapas geológicos com estruturas complexas;
- aprofundar, aplicar e interrelacionar conhecimentos adquiridos em disciplinas precedentes, nomeadamente de Topografia e Geologia de Campo, Petrologias e Estratigrafia;
- constituir disciplina de suporte a outras da Licenciatura como: Geologia de Portugal, Detecção Remota, Cartografia Geológica e Geologia de Engenharia;
- preparar os alunos para determinadas áreas possíveis de prosseguimento de estudos, nomeadamente para os Mestrados em Georrecursos e em Geotecnia.

Competências gerais e específicas
No final o aluno deve saber:
- reconhecer estruturas de deformação frágil, dúctil e dúctil-frágil em afloramentos geológicos;
- recolher informações no campo sobre elementos estruturais (planares e lineares) de deformação, projectá-los na rede estereográfica e efectuar todo o tipo de operações geométricas inerentes ao método;
- utilizar software de projecção estereográfica;
- analisar e interpretar mapas geológicos com estruturas complexas, incluindo a realização de perfis.

Pré-requisitos

É recomendável que os alunos tenham realizado as disciplinas de Geologia Geral, Mineralogia, Estratigrafia e Petrologia Sedimentar e Sedimentologia.

Conteúdo

Aulas Teóricas:

Introdução / apresentação da disciplina – Objectivos da Geologia Estrutural. Introdução de conceitos básicos. (1 aula).
Parte I – Análise geométrica de estruturas geológicas: fracturas, dobras, clivagem e xistosidade, lineações. Síntese da análise geométrica a diferentes escalas; vergências. Corpos ígneos intrusivos. (5 aulas).
Parte II – Tensão e Deformação. Reologia. Análise cinemática de estruturas geológicas: mecanismos de fracturação, de dobramento e de instalação de corpos ígneos intrusivos. (5 aulas).
Parte III – Tectónica e deformação regional. Análise de estruturas de grande escala, em diferentes contextos geodinâmicos: compressivos, distensivos, transpressivos e transtensivos. Conceito de andar estrutural. Diapirismo salino e magmático. (3 aulas).

Aulas Práticas:

Utilização da Projecção Estereográfica (Rede de Schmidt) em Geologia Estrutural. Fundamentos, mecanismos básicos e exercícios de aplicação. (8 aulas).
Análise estrutural de mapas geológicos de áreas estruturalmente complexas (6 aulas).
Visita de estudo (facultativa e após o final do período lectivo e da avaliação) (2 a 3 dias).

Bibliografia

G. H. DAVIS (1984) – Structural Geology of Rocks and Regions. J. Wiley & Sons, New York, 492 p.
M. C. KULLBERG (1991) – Geologia Estrutural. Fac. Ciências Tecn., UNL, Lisboa, 205 p.
B. A. van der PLUIJM & S. MARSHAK (1997) – Earth Structure: an Introduction to Structural Geology and Tectonics. WCB/McGraw-Hill, USA, 495 p.
J. G. RAMSAY & M. I. HUBER (1983-1998) – The Techniques of Modern Structural Geology. Academic Press,Inc., London, 3 Vol.
R. J. TWISS & E. M. MOORES (1992) – Structural Geology. W.H. Freeman & Co., New York, 532 p.

Método de ensino

- Ensino tutorial, tradicional, essencialmente para a componente lectiva presencial.
- Ensino assistido, não presencial, utilizando como ferramenta de comunicação o Moodle, para além das horas semanais destinadas a dúvidas, previstas na Lei.
- Ensino no campo, no final do semestre, através de visita de campo.

Método de avaliação

Realização de exame escrito teórico (T) e exame escrito prático [projecção estereográfica (P) e mapa (M)]. Classificação final (F) obtida pela seguinte equação: F=1/2(T)+1/2[(P+M)/2]

Para aprovação: F>=9,5 e T, P e M >= 8,0

A meio do semestre é realizado teste teórico e prático (P) com a matéria dada até à altura.

Cursos