Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Escola Nacional de Saúde Pública

Epidemiologia e Estatística

Código

9252

Unidade Orgânica

Escola Nacional de Saúde Pública

Departamento

Saúde Pública e Comunidade

Créditos

6.0

Professor responsável

Carla Nunes, Carlos Manuel Matias Dias

Total de horas

56

Língua de ensino

Português

Objectivos

No final da Unidade Curricular o discente deverá ser capaz de:

 

1.  Diferenciar as principais características e âmbitos de aplicação da metodologia estatística e da metodologia epidemiológica, e reconhecer as inter-relações entre estas duas disciplinas no âmbito da Administração Hospitalar;

2.  Escolher o tipo de abordagem quantitativa a aplicar na resolução de uma pergunta ou de um problema no âmbito da Administração hospitalar;

3.  Identificar a necessidade de analisar bases de dados existentes, ou de desenhar e executar um estudo epidemiológico para responder a uma pergunta específica;

4.  Formular perguntas e resolver problemas básicos de estatística e de epidemiologia, demonstrando um conhecimento suficiente das respectivas técnicas de planeamento de estudos e de análise de dados;

5.  Descrever situações reais de aplicação e reconhecer situações em que as diversas técnicas epidemiológicas e estatísticas devam ser utilizadas;

6.  Distinguir e caracterizar claramente as questões amostrais, as questões populacionais e os problemas e técnicas a usar para os abordar;

7.  Planear estudos de investigação epidemiológica simples e construir estruturas de dados no programa SPSS;

Analisar bases de dados estatísticos, nomeadamente construindo novas variáveis, aplicando a metodologia estatística adequada e interpretando os resultados no contexto da pergunta de investigação em causa.

Conteúdo

Na parte dedicada especificamente ao ensino da Estatística:

 

1.      Construção de uma estrutura de dados no SPSS, gestão de dados e determinação de novas variáveis;

2.      Exercícios de estatística descritiva: tipos de variáveis, tabelas de frequências, representações gráficas: Medidas estatísticas de localização e dispersão:

3.      Introdução à inferência estatística, conceitos de intervalo de confiança, nível de significância

4.      Teste de hipóteses

5.      Comparação de dados categoriais em duas amostras independentes: teste do qui-quadrado

6.      ANOVA

7.      Testes paramétricos Vs não paramétricos

8.      Correlação e regressão linear

9.      Regressão logística (conceitos básicos)

 

Epidemiologia:

1.      Aspectos históricos da origem da epidemiologia; utilização actual dos métodos epidemiológicos;

2.      A abordagem epidemiológica dos problemas de saúde: especificidades em administração hospitalar:

3.      Epidemiologia Descritiva: estudos epidemiológicos descritivos; medidas de frequência;

4.      Indicadores epidemiológicos de saúde e sistemas de informação de saúde;

5.      Programas de rastreio;

6.      Epidemiologia analítica: estudos epidemiológicos analíticos; medidas epidemiológicas de risco. O caso dos ensaios clínicos;

7.      Aspectos gerais do desenho e condução de estudos epidemiológicos;

8.      Interpretação de relatórios de estudos epidemiológicos.

 

 

Bibliografia

·     Afonso A., Nunes C. (2005). Apontamentos de Introdução às Probabilidades e Estatística, Universidade de Évora.

·     Dicionário de Epidemiologia, Last, J. 2008, Oxford University Press, London.

·     Beaglehole, R., Bonita, R., Kjellstrom, T.(1993). Basic epidemiology. Geneva: World Health Organization.

·     Dawson B., Trapp R. (2001), Bioestatística Básica e Clínica, Mc Graw-Hill

·     Pereira, A.(2003). SPSS Guia prático de utilização: análise de dados para ciências sociais e psicologia. 4ªed. Lisboa: Edições Sílabo.

Método de ensino

·     As aulas são constituídas por apresentações teóricas, resolução de exercícios e estudos de casos. Presta-se particular atenção aos conceitos envolvidos, ao correcto enquadramento dos problemas em estudo, e à resolução e interpretação das análises no contexto da administração hospitalar.

 

·     A unidade curricular tem fundamentalmente um cariz teórico-prático. Assim, a componente dedicada especificamente à Estatística decorre no laboratório de informática (utilizando um software de Estatística - SPSS). Por seu lado, a vertente epidemiológica privilegiará os exemplos práticos e o estudo de casos no âmbito de aplicação em questão.

Método de avaliação

·     Participação nas sessões lectivas (20% da classificação final);

·     Modulo de Estatística: 40% da classificação final, obtida através de uma prova final de avaliação escrita, individual.

·     Módulo de Epidemiologia: 40% da classificação final, obtida através de uma prova final de avaliação escrita, individual.

 

Cursos