Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Teoria Feminista e Experiência Literária

Código

722091104

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Sociologia

Créditos

10.0

Professor responsável

Ana Paiva Morais, Fernando Cascais, Teresa Almeida

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português

Objectivos

a) Adquirir capacidade de analisar a forma como a experiência literária das mulheres, enquanto autoras, tradutoras, críticas e editoras, contribuiu para a elaboração da Teoria Feminista;
b) Adquirir conhecimento dos debates que atravessam hoje este novo campo do saber, sabendo diferenciar os diferentes paradigmas em jogo e os conceitos que lhes estão associados: sexo/género; identidade/identidades (raça, classe social e sexualidade);
c) Adquirir conhecimento de alguns dos textos fundadores da crítica literária feminista bem como das principais polémicas que a atravessam;
d) Adquirir capacidade de elaborar um trabalho de investigação fundamentado sobre um dos temas tratados, utilizando bibliografia especializada e trabalhando com conceitos dos Estudos Feministas.

Pré-requisitos

Não aplicável

Conteúdo

1.Análise de alguns conceitos de Teoria da Literatura, com especial ênfase na questão do cânone.
2. A instituição literária e as mulheres: diagnóstico de uma relação problemática
2.1 A história da literatura portuguesa e o silenciamento das suas autoras: estudo de alguns casos paradigmáticos (Teresa de Mello Breyner, D. Leonor de Almeida, Graça Pina de Morais)
2.2 A mulher nas tradições poéticas hispânicas.
3. Análise de alguns conceitos fundamentais da Teoria Feminista, dedicando particular atenção aos trabalhos de Rosi Braidotti, Helène Cixous, Françoise Collin, bell hooks, Luce Irigaray e Monica Wittig.
4. O essencialismo e o construcionismo: a questão da «écriture féminine».
5. Análise dos conceitos fundamentais da Teoria Queer, com particular atenção aos contributos de Michel Foucault, Eve Kosofsky Sedgwick e Judith Butler.

Ao longo do curso, será feita uma leitura de ‘Orlando’ e de ‘A Room of One’s Own’ de Virgínia Woolf, bem como das ‘Novas Cartas Portuguesas’ de Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa.

Bibliografia

ROONEY, Ellen (ed.) The Cambridge Companion to Feminist Literary Theory, Cambridge, Nova Iorque, Cambridge University Press, 2006;
MCCANN, Carole R e KIM, Seung-kyung (eds.), Feminist Local and Global Theory Perspectives Reader, Nova Iorque e Londres, Routledge, 2003 (extractos);
MACEDO, Ana Gabriela (ed.), Género, Identidade e Desejo. Antologia Crítica do Feminismo Contemporâneo, Lisboa, Cotovia, 2002.
RAMALHO, Irene, «Os Estudos sobre as Mulheres e o saber. Onde se conclui que o poético é feminista» in ex aequo, nº 5, Oeiras, Celta Editora, 2001, pp. 107-122.
MAGALHÃES, Isabel, O Sexo dos Textos, Lisboa, Caminho, 1995.

Método de ensino

Exposições sobre os diferentes pontos do programa.
Discussão dos trabalhos apresentados.
Orientação tutorial, tendo em vista a elaboração do trabalho de investigação.

Método de avaliação

A avaliação de conhecimentos implica a presença em 2/3 das sessões realizadas e faz-se mediante a apresentação de um trabalho de investigação que deverá provar o conhecimento dos pontos tratados bem como a capacidade para lidar, de uma forma crítica, com os conceitos estudados.

Cursos