Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Literaturas Ibéricas Comparadas

Código

722111040

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Línguas, Culturas e Literaturas Modernas, Secção de Estudos Espanhóis, Franceses e Italianos

Créditos

10

Professor responsável

Isabel Rute Araújo Branco

Horas semanais

3 letivas + 1 tutorial

Língua de ensino

Português

Objectivos

a) Aprofundar competências no conhecimento das literaturas da Península Ibérica, numa perspectiva da Literatura Comparada.
b) Aprofundar o conhecimento dos respectivos contextos histórico-sociais e artístico-literários, nacionais, ibéricos e europeus.
c) Conhecer os contextos, de vária ordem, que determinam aquelas construções.
d) Estudar os textos propostos com vista a preparar uma investigação pessoal.
e) Produzir trabalhos de análise textual e de reflexão teórica, aplicando os conhecimentos adquiridos.
f) Realizar um projecto de investigação e produzir uma monografia, que será também apresentada e discutida oralmente.

Pré-requisitos

Conhecimentos de nível médio de língua espanhola.

Conteúdo

1. O conceito de realismo mágico.
2. As origens do realismo mágico ibérico: tradições populares, práticas quotidianas, crenças e mentalidades, cultura e literatura ao longo dos séculos.
3. Os processos de recepção do realismo mágico hispano-americano na Península Ibérica nos séculos XX e XXI.
4. Literaturas ibéricas contemporâneas:
a) Os Casos do Beco das Sardinheiras, de Mário de Carvalho (1982); e A Jangada de Pedra, de José Saramago (1986).
b) Si o vello Sinbad volvese as illas (Cuando el viejo Simbad vuelva a las islas), de Álvaro Cunqueiro (1961); Cantiga de agüero, de Carmen Gómez Ojea (1982); e Bi anai (Dos hermanos), de Bernardo Atxaga (1985).

Bibliografia

Bowers, Maggie Ann. 2004. Magic(al) Realism, Routledge, New York.
Guillén, Claudio. 2005. Entre lo uno y lo diverso. Introducción a la Literatura Comparada (ayer y hoy), Tusquets Editores, Barcelona.
Gracia, Jordi (ed.).2004. La llegada de los bárbaros: la recepción de la narrativa hispanoamericana en España, 1960-1981. EDHASA, Barcelona.
Melo, João de. 1998. «Gabriel García Márquez e o Realismo Mágico Latino-Americano», Camões. Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.º 2,.
Rico, Francisco (coord.). 2001. Historia y Crítica de la Literatura Española, Ed. Crítica, Barcelona,
Saramago, José. 1992. «A Península Ibérica entre a Europa e a América Latina», Revista Vértice, n.º 47.
Silva, Teresa Cristina Cerdeira da. 1989. José Saramago. Entre a História e a Ficção: Uma Saga de Portugueses, Dom Quixote, Lisboa.
Simson, Ingrid (ed.), 2007. América en España: influencias, intereses, imágenes, Iberoamericana/Vervuert, Frankfurt.

Método de ensino

Os seminários são de natureza teórico-prática com uma forte componente participativa da parte dos mestrandos. A componente prática destacar-se-á pelas intervenções orais dos alunos e pela análise comentada de problemas literários.

Método de avaliação

1- Apresentações orais, nos seminários, de leituras e de resultados de investigações em torno dos objectivos do seminário e a sua discussão em grupo (40%);
2- apresentação escrita e discussão oral de um trabalho final, individual, incluindo bibliografia (de 12 a 15 páginas), cujo projecto e elaboração são orientados pela docente (60%).

Cursos