Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Comunicação de Ciência e Educação

Código

722011144

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Ciências da Comunicação

Créditos

10

Professor responsável

Carlos Catalão

Horas semanais

3 letivas + 1 tutorial

Língua de ensino

Português

Objectivos

Nesta unidade os alunos vão contactar com modelos e práticas de comunicação da ciência, com especial incidência nos que compreendem o público escolar e os públicos envolvidos em aprendizagem ao longo da vida. Após a conclusão deste seminário, pretende-se que o(a) aluno(a):
(1) identifique e distinga as principais teorias e modelos que informam a educação científica e a comunicação de ciência, numa perspectiva histórica e actual;
(2) conheça os métodos e práticas profissionais de comunicação científica em organizações com fins educativos, formais ou informais;
(3) identifique e compreenda as transformações sociais e profissionais decorrentes das mais recentes mudanças nos media e na internet;
(4) crie um produto/recurso de comunicação científica em suporte escrito, visual ou multimédia;
(5) experimente os novos métodos de comunicação científica pela internet e pelas redes sociais digitais;
(6) conceba um projecto profissional de comunicação científica em ambiente educativo.

Pré-requisitos

Não tem.

Conteúdo

Princípios e técnicas de comunicação de ciência em ambiente educativo : implicações para a educação científica e para a interacção entre as comunidades científica e educativa.
História das ideias em educação científica a partir do século XX - tendências correntes no ensino das ciências.
O ensino experimental das ciências e a comunicação científica - envolvimento do público na interacção directa com o mundo físico e natural. Observação e experimentação na comunicação de ciência em ambiente educativo.
A comunicação de ciência em ambientes educativos não formais: museus e centros de ciência; bibliotecas, fundações, agências e demais organizações com missão educativa.
Comunicação de ciência e educação nas organizações científicas. Redes de cooperação entre a comunidade científica e a comunidade escolar.
A comunicação de ciência e aprendizagem ao longo da vida - os públicos da ciência.
Concepção, desenvolvimento e produção de recursos de comunicação científica para a educação.

Bibliografia

Brake, M., & Weitcamp, E. (2009) Introducing Science Communication: a Practical Guide. Palgrave Macmillan.
Costa, A.F., et al. (2005) Cultura Científica e Movimento Social: Contributos para a Análise do Programa Ciência Viva. Oeiras, Portugal: Celta Editora.
DeBoer, G.E. (2000) Scientific Literacy: Another look at its historical and contemporary meanings and its relationships to science education reform. Journal of Research in Science Teaching, 37 (6), 582-601.
DeBoer, G.E. (1991) A History of Ideas in Science Education: Implications for Practice. New York: Teachers College Press.
National Research Council (2009) Learning Science in Informal Environments: People, Places and Pursuits. Washington D.C.: The National Academies Press.
National Research Council (2010) Surrounded by Science: Learning Science in Informal Environments. Washington D.C.: The National Academies Press.
Pickering, A. (ed) (1992) Science as Practice and Culture. London: The University of Chicago Press.

Método de ensino

Sessões teórico-práticas

Abordagem teórica sobre a evolução e tendências actuais de ideias, teorias e modelos na comunicação de ciência em ambientes educativos formais e não formais.
Sessões práticas

Workshops. Os alunos trabalham sobre produtos de comunicação científica em diferentes suportes. A partir do contacto com estes materiais, os alunos concebem um projecto de comunicação científica, integrando diferentes suportes num website sobre uma área/tópico científico, e utilizam para tal as pedagogias e as técnicas de comunicação mais adaptadas a um publico escolar, num contexto de comunicação científica educativa.
Visitas de Estudo. Estão previstas deslocações dos alunos a espaços exteriores à Universidade, como Centros de Ciência, escolas e outras organizações, para contacto com a ciência e a educação no mundo real.

Método de avaliação

A avaliação dos alunos é feita com base na apresentação de dois trabalhos individuais, um de natureza teórica e outro sob a forma de projecto.

Cursos