Instituto de Higiene e Medicina Tropical

Teoria e métodos em Epidemiology e Biostatistics

Code

5863003

Academic unit

Instituto de Higiene e Medicina Tropical

Department

Unidade de Microbiologia Médica

Credits

4

Teacher in charge

Inês Fronteira

Weekly hours

T: Aulas teóricas: 20 Horas (Total de Horas);
TP: 20 Horas (Total de Horas);

Teaching language

Inglês e Português.

Objectives

Esta unidade curricular tem como objetivo geral que os alunos sejam capazes de compreender as teorias e métodos básicos em Epidemiology e Biostatistics.
Mais especificamente, pretende-se que os alunos sejam capazes de:
Referir os principais tipos de estudos epidemiológicos e o tipo de análise mais frequente em cada um deles;
Utilizar corretamente as medidas de frequência;
Utilizar corretamente as medidas de efeito e as medidas de associação;
Definir os conceitos de erro, viés, interação e confundimento;
Definir as variáveis de um estudo;
Elaborar um plano de operacionalização de variáveis;
Elaborar um plano de análise de dados Analisar corretamente os dados de um estudo epidemiológico tendo em conta os objetivos do mesmo.

Prerequisites

Não se aplica.

Subject matter

Variáveis epidemiológicas: Pessoas, tempo e lugar;
Causalities e inferência causal: modelo geral de Causalities , causa suficiente e causa componente, forçia do efeito, interação;
Proporção da doençia devida a causa específica: período de indução, generalização do modelo Inferência causal em Epidemiology: critérios de Causalities ;
Medidas de frequência: tempo de incidência, taxa de incidência, outros tipos de taxas, proporção de incidências e proporção de sobrevivência, prevalência, estandardização;
Medidas de efeito e medidas de associação: medidas simples de efeito, frações atribuíveis, estimativa do efeito, confundimento, medidas estandardizadas, rácios de prevalência;
Tipos de estudos epidemiológicos;
Erro, viés, interação e confundimento;
Princípios de um bom desenho de estudo;
Princípios da análise epidemiológica de dados;
Análise exploratória de dados e estatística descritiva: medidas de localização, medidas de dispersão, tabelas de frequências, representações gráficas;
Inferência Estatística: parâmetros, estatísticas e distribuições amostrais; estimação pontual e por intervalos de confiançia, conceitos gerais sobre testes de hipóteses paramétricos e não-paramétricos; como usar estes conceitos no cálculo do tamanho da amostra Comparação de populações a partir de amostras independentes: a importância dos pressupostos dos testes paramétricos: Testes de Kolmogorov-Smirnov, Shapiro-Wilk e Teste de Levene, Teste T para duas amostras independentes versus Teste de Mann-Whitney-Wilcoxon, análise de variância (ANOVA) versus Teste de Kruskal-Wallis.;
Comparações Múltiplas. Teste de Qui-Quadrado para a homogeneidade (e independência);
Conceitos gerais sobre regressão: a regressão logística em Epidemiology.

Bibliography

John M Last. A Dictionary of Epidemiology 2001. A Handbook sponsored by the IEA.
Leon Gordis (2009). Epidemiology. 4ª Edição. Lusodidacta: Loures. Ver capítulos 1-4.
Pedro Aguiar (2007). Guia Prático de Estatística em Investigação Epidemiológica: SPSS. Climepsi Editores: Lisboa.
Ross C Brownson and Diana B Petitti (editors) (1998). Applied Epidemiology. Theory to Practice. Oxford University Practice: Oxford. Ver capítulos 1,2,5,8.
Rothman, K. J. and Greenland, S. (1998). Modern Epidemiology. (2 ed.) Philadelphia: Lippincott Williams and Wilkins. Cap. 5.

Teaching method

Método expositivo em plenário para introduzir o tema, seguido de exercícios práticos e resolução de problemas.

Evaluation method

Exame escrito.

Courses