Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Instituto de Higiene e Medicina Tropical

Patologia multifactorial

Código

5863015

Unidade Orgânica

Instituto de Higiene e Medicina Tropical

Departamento

Unidade de Parasitologia Médica

Créditos

5

Professor responsável

Jorge Francisco Dias Rodrigues Gaspar

Horas semanais

T: Aulas teóricas: 20 Horas (Total de Horas);
TP: Aulas teórico-práticas; 8 Horas (Total de Horas);
S: Seminários: 8 Horas (Total de Horas)
PL: Aulas práticas e laboratoriais: 20 Horas (Total de Horas)
OT: Orientação tutorial: 4 Horas (Total de Horas)

Língua de ensino

Inglês e Português

Objectivos

Compreensão da potencialidade de identificação dos factores de risco para patologia multifatorial humana; desenvolvimento e aplicação de novas tecnologias nos seguintes domínios predisponentes a infecções:
a) Variação e interacção do genoma humano.
b) Ambiente e doença.
c) Base fisiopatológica
d) Prevenção, diagnóstico e tratamento

Pré-requisitos

Não se aplica.

Conteúdo

Conceitos de epidemiológicos
- Estudos de coorte.
- Inquéritos tipo corte-transversal.
- Estudos de caso-controlo.
Estudos de Coorte
- Estudo caso-controlo.
Genes em Patologia
- Interacção Gene-Gene
- Interacção Gene-Ambiente
Susceptibilidade genética e patologia oncológica.
Susceptibilidade genética e patologia cardiovascular.
Susceptibilidade genética e patologia das doenças neurodegenerativas.
Susceptibilidade genética e patologia infecciosa e parasitária.
Estudos de Genome Wide Association.
- Aplicações clínicas

Bibliografia

LIVROS
- Cryptosporidium and Cryptosporidiosis, (2008), 2nd edition. Ronald Fayer and Lihua Xiao (editors). Taylor and Francis Group, CRC Press
- Diagnostics Medical Parasitology, (2007), 5th ed. Linn S. Garcia (editor). ASM Press, Washington
- Manual sobre SIDA, 4th edition (2011). Francisco Antunes (editor). Permanyer Portugal
- Molecular Epidemiology : Principles and Practices. Paul A Schulte, Frederica P. Perera (Eds). 1998. Academic Press.
- Molecular Epidemiology Of Chronic Diseases. Chris Wild, Paolo Vineis. Seymour Garte (eds). 2008 John Wiley and Sons Ltd, England
- Molecular epidemiology: applications in cancer and other human diseases. Timothy R. Rebbeck, Christine B. Ambrosone, Peter G. Shields. Informa Healthcare, (2008).
- Molecular Tools and Infectious Disease Epidemiology. Betsy Foxman (2011)
ARTIGOS
- Chapman et alGenet Epidemiol. 2011 Sep 15. doi: 10.1002/gepi.20627.
- Nalls et al. Lancet. 2011 377(9766):641-9.
- Panagiotou et alAm J Epidemiol. 2010, 172(8):869-89.
- Sampietro et al. Hum Mol Genet. 2011 Sep 16.
- Sehrawat et al., Hum Genet. 2011, 130(4):529-37.

Método de ensino

O programa proposto envolve 10 semanas, equivalente a 5 ECTSS (14 aulas teóricas, 6 horas de seminários, e 20 aulas práticas laboratoriais), e ainda 6 horas de seminários relativo aos temas propostos pelos alunos.

Método de avaliação

Para obtenção de frequência à disciplina, é necessário que o aluno participe em pelo menos 2/3 das aulas práticas e tenha apresentado um tema apresentado no início do ano lectivo.
A classificação final será calculada:
- nota do exame final (50%),
- nota na apresentação (30%)
- avaliação contínua (20%).

Cursos