Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Instituto de Higiene e Medicina Tropical

Toxicologia Molecular / Transporte membranar e patologia

Código

5863019

Unidade Orgânica

Instituto de Higiene e Medicina Tropical e Faculdade de Ciências Médicas

Departamento

Unidade de Microbiologia Médica

Créditos

5

Professor responsável

Michel Kranendonk

Horas semanais

T: Aulas teóricas: 16 Horas (Total de Horas)
TP: Aulas teórico/práticas: 5 Horas (Total de Horas)
S: Seminários: 16 Horas (Total de Horas)
OT: Orientação tutorial: 10 Horas (Total de Horas)

Língua de ensino

Inglês e Português

Objectivos

Compreender os efeitos tóxicos de xenobióticos, nomeadamente fármacos, no Homem.
Compreender as interacções de xenobióticos com sistemas biológicos e os mecanismos bioquímicos dos efeitos tóxicos.
Apreender os sinais clínicos tipicos de manifestações tóxicas.
Compreender os conceitos de toxicocinética e toxicodinâmica.
Compreender as consequências toxicológicas associadas a variações interindividuais em enzimas de biotransformação e transportadores membranares.
Apreender a importância de Polimorfismos genéticos e variação genética na biotransformação e transporte de xenobioticos.
Ter uma noção dos alvos terapêuticos associados à quimioterapia antimicrobiana.
Compreender a complexidade da Interacção entre hospedeiros e agentes patogénicos, as bases teóricas da quimioterapêutica antimicrobiana e os mecanismos moleculares de resistência a fármacos, e o seu impacte na prevalência de doenças infecciosas.

Pré-requisitos

Não se aplica.

Conteúdo

Toxicocinética e toxicodinâmica. Absorção, Distribuição, Metabolismo e Excreção (ADME) de xenobióticos.
Enzimas metabolizadoras e Transportadores membranares.
Farmacocinética e dinâmica. Alvos terapêuticos, pro-fármacos, Interacção entre hospedeiros e agentes patogénicos.
Variação genética e Polimorfismos genéticos de enzimas de biotransformação e transportadores.
Resistência a fármacos. Variação genética interindividual de resistência a fármacos.
Conceitos da estrutura, genética, bioquímica e fisiologia bacterianas, bem como os princípios da patogénese e imunologia das doenças infecciosas de origem bacteriana.

Bibliografia

Klaassen, Curtis D. (2001). Casarett and Doull's Toxicology - The Basic Science of Poisons (6th Edition). McGraw-Hill.
A bibliografia também constará de artigos científicos originais recentes em revistas da especialidade e de artigos de revisão (e.g. na Annual Review of Genomics and Human Genetics, Annual Review of Pharmacology and Toxicology).

Método de ensino

Prelecções, Seminários e estudos de caso

Método de avaliação

Avaliação: Trabalho escrito com discussão pública, sendo avaliados: relevância do tema, importância e originalidade. A frequência de pelo menos 2/3 das prelecções, seminários e casos de estudo é obrigatória para apresentar a monografia final.

Cursos