Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Filosofia da Mente - 1. semestre

Código

711031057

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Filosofia

Créditos

6

Professor responsável

Nuno Carlos Venturinha

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português com apoio tutorial em LE

Objectivos

1. Adquirir uma informação geral sobre os problemas fundamentais atualmente tratados na filosofia da mente.
2. Relacionar os problemas da filosofia da mente atual com algumas das questões tradicionais da teoria do conhecimento e da psicologia filosófica.
3. Compreender o problema das relações cérebro/mente, à luz dos dados mais recentes das neurociências.

Pré-requisitos

Não aplicável.

Conteúdo

O conceito “mente” tem uma história na tradição ocidental que é necessário conhecer se quisermos compreender questões atuais na filosofia da mente e da psicologia. Começa-se com visões clássicas sobre a “psyché” prestando particular atenção ao De anima de Aristóteles. Avança-se depois para as reflexões de Descartes sobre o funcionamento da “mente” (mens), especialmente nas Meditações sobre a Filosofia Primeira e vê-se em seguida como a psicologia fenomenológica de Husserl responde ao dualismo cartesiano nas Meditações Cartesianas. A etapa final do curso é dedicada a outras críticas ao dualismo cartesiano, designadamente a de Wittgenstein na sua filosofia da psicologia pós-metafísica e a de Ryle em O Conceito de Mente, cada uma delas exercendo uma profunda influência sobre abordagens contemporâneas ao fenómeno mental, entre elas o chamado enativismo.

Bibliografia

Aristóteles. (1936). Peri psychés / On the Soul. In On the Soul – Parva Naturalia – On Breath. Aristotle in Twenty-Three Volumes, vol. VIII (pp. 1-203). Cambridge, MA: Harvard University Press; (2010). Sobre a Alma, Obras Completas de Aristóteles, vol. III, t. I. Lisboa: IN-CM.
Descartes, R. (1973). Meditationes de prima philosophia, Œuvres de Descartes, vol. VII. Paris: Vrin; (1992). Meditações sobre a Filosofia Primeira. Coimbra: Almedina.
Husserl, E. (1950). Cartesianische Meditationen und Pariser Vorträge, Husserliana, vol. 1. Den Haag: Martinus Nijhoff; (2010). Meditações Cartesianas e Conferências de Paris, Obras de Edmund Husserl. Lisboa: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa.
Ryle, G. (2009). The Concept of Mind (60th anniversary ed.). London: Routledge.
Wittgenstein, L. (1982-1992). Letzte Schriften über die Philosophie der Psychologie / Last Writings on the Philosophy of Psychology, 2 vols. Oxford: Blackwell; (2007). Últimos Escritos sobre a Filosofia da Psicologia. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Método de ensino

O método de ensino adotado combina a exposição baseada na leitura e comentário de textos com a discussão de trabalhos apresentados pelos alunos.
Ensino presencial

Método de avaliação

Para além de um exame final (60%), cada aluno deve realizar um trabalho escrito, que será apresentado e discutido em aula (40%).

Cursos