Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Filosofia das Ciências - 1. semestre

Código

711031058

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Filosofia

Créditos

6

Professor responsável

Marta Mendonça

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português com apoio tutorial em LE

Objectivos

1. Identificar os parâmetros de racionalidade operantes na prática científica e os conceitos e princípios filosóficos que a sustentam.
2. Identificar os principais paradigmas científicos e os seus pressupostos filosóficos.
3. Reconhecer e enunciar com precisão as questões filosóficas colocadas pelo saber científico.
4. Conhecer alguns dos textos mais relevantes da tradição filosófica no campo da filosofia da ciência.
5. Reconhecer a especificidade dos contributos contemporâneos no âmbito da Filosofia da Ciência.

Pré-requisitos

Não aplicável.

Conteúdo

O curso está dividido em duas partes. Na primeira, serão considerados os antecedentes históricos da constituição da filosofia das ciências como disciplina autónoma, explorados os contributos de alguns dos seus principais representantes (Carnap, Popper, Kuhn, Lakatos e Feyerabend) e identificadas e caracterizadas as correntes mais relevantes da filosofia das ciências do século XX. As discussões em torno do método científico e da relação entre teoria e realidade darão unidade a esta primeira parte. Na segunda parte, serão abordados alguns problemas e controvérsias com que se debate a filosofia das ciências na actualidade, designadamente: a) a distinção entre ciência e pseudociência; b) a discussão em torno do realismo ou do antirrealismo da ciência; c) o problema da unidade e da pluralidade dos saberes científicos.

Bibliografia

Agassi, J. (2014). Popper and His Popular Critics. Thomas Kuhn, Paul Feyerabend and Imre Lakatos. New York: Springer.

Godfrey-Smith, P. (2003). Theory and Reality. An Introduction to the Philosophy of Science. Chicago: The University of Chicago Press.

Kuipers, T. (ed.) (2007). General Philosophy of Science: Focal Issues. Amsterdam: Elsevier.

Ladyman, J. (2002). Understanding Philosophy of Science, London and New York: Routledge.

Leroux, J. (2010). Une histoire comparée de la philosophie des sciences, Volume II: L’empirisme logique en débat, Québec: Presses de l’Université Laval.

Método de ensino

O curso tem uma natureza teórico prática. Haverá aulas de enquadramento, de apresentação e contextualização do pensamento dos diversos autores ou de formulação e aprofundamento dos problemas em análise, e aulas mais centradas na análise e discussão de textos. Os alunos terão acesso aos textos a analisar, devendo preparar a sua discussão em sala de aula.
Ensino presencial.

Método de avaliação

1. Uma prova escrita a realizer no meio do semestre (35%).
2. Uma prova escrita a realizar no final do semestre (65%).


Cursos