Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Ética Aplicada - 2. semestre

Código

711031067

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Filosofia

Créditos

6

Professor responsável

Manuel João Matos

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português

Objectivos

1. Aprofundar a análise de alguns dos grandes marcos da tradição filosófica da ética;
2. Discernir o posicionamento contemporâneo de questões éticas permanentes (tais como a estima por si próprio, o desejo, a afectividade, a sexualidade, a justiça, etc.);
3. Perceber o impacto, sobre a ética, do problema contemporâneo da ética da discussão;
4. Relacionar os problemas da ética filosófica com problemas especificamente contemporâneos, tais como a ética global ou a ética ecológica.

Pré-requisitos

Não aplicável.

Conteúdo

1. Os grandes marcos da tradição filosófica da ética ocidental: a ética clássica (Aristóteles e S. Tomás); a ética moderna (Rousseau e Kant); a ética compteporânea (Rawls e Habermas).
2. Questões essenciais na ética contemporânea: a autoestima; o desejo; a problemática do sentimento e o novo questionamento da afetividade; o problema da justiça.
3. A ética da discussão de Habermas, a sua importância nos dias de hoje e a reformulação discursiva da ética de Kant à luz dos seus quatro vectores: ética universalista, deontológica, cognitivista e formal.
4. Novos problemas postos à ética contemporânea: a globalização e a ecologia.

Bibliografia

HABERMAS, J. (2014). Obras escolhidas, 3 volumes. Lisboa: Edições 70.
KANT, I. (1985). Fondements de la métaphysique des mœurs. In Œuvres philosophiques, vol. II. Paris: Gallimard.
KANT, I. (2005), A Metafísica dos Costumes. Trad. José Lamego, Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
NEIMAN, S. (2004). Evil in Modern Thought. An alternative History of Philosophy. Princeton: Princeton University Press.
ROUSSEAU, J.-J. (1969). Émile ou de l’éducation. In Œuvres Complètes, vol. IV, Paris: Gallimard.
ROUSSEAU, J.-J. (1964). Discours sur l’inégalité In Œuvres complètes, vol. III, Paris: Gallimard.

Método de ensino

As metodologias de ensino incluem aulas teóricas e aulas práticas com o mesmo peso letivo. Discussão de textos filosóficos relativos à aplicação da ética aos problemas da sociedade atual.

Método de avaliação

A avaliação é constituída por Frequência (40%); trabalho com defesa oral (40%); avaliação contínua e participação nas aulas (20%).

Cursos