Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Estética e Estudos Artísticos

Ciclo

Segundo ciclo

Grau

Mestre

Percursos

Coordenador

João Pardana Constâncio

Data de abertura

Setembro de 2017

Número de vagas

30 vagas

Propinas

1.º ano, 1ª vez - 1.100,00€

Horários

(a disponibilizar em http://www.fcsh.unl.pt/ensino/mestrados)

Objectivos educativos

O principal objetivo é a promoção de novo conhecimento crítico aprofundado e interdisciplinar nas áreas da estética e dos estudos artísticos. O ciclo de estudos congrega, em três áreas de especialização, docentes e unidades curriculares dos departamentos de Filosofia, História da Arte, Ciências da Comunicação e Ciências Musicais. Pretende-se que os estudantes venham a:
a) adquirir um conhecimento crítico aprofundado dos problemas fundamentais da Estética em ligação com os Estudos Artísticos;
b) reconhecer, de forma aprofundada, a importância dos estudos da filosofia e da história da filosofia, da história da arte; das ciências da comunicação e das artes e ciências musicais para a interpretação e compreensão das questões atuais da arte e das práticas artísticas;
c) desenvolver, de forma aprofundada, conhecimentos e competências específicas numa área dos Estudos Artísticos, ou seja: nas artes plásticas no caso da especialização em Arte e Culturas Políticas; no cinema ou na fotografia no caso da especialização em Cinema e Fotografia; na música no caso da especialização em Artes e Ciências Musicais.

Condições de acesso

São admitidos como candidatos à inscrição: a) Os candidatos detentores de um certificado de conclusão de licenciatura obtido em Estabelecimento de Ensino Superior de países subscritores da Declaração de Bolonha e de outros considerados afins, tendo em atenção a respetiva estrutura curricular; b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. c) Excecionalmente, detentores de um currículo escolar ou científico reconhecido pelo Júri de Seleção, que ateste a capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

O ciclo de estudos que tem três áreas de especialização em oferta no ano letivo 2016/2017: Cinema e Fotografia; Artes e Ciências Musicais; Arte e Culturas Políticas.
Os estudantes devem realizar três unidades curriculares obrigatórias comuns (ou transversais) a essas áreas. Cada um dos três percursos permite aos estudantes desenvolver, de forma aprofundada, conhecimentos e competências específicas numa área dos Estudos Artísticos e pressupõe:
- no 1.º semestre na realização das unidade curriculares obrigatórias “Estética e Estudos Artísticos” e “Modernismo e Modernismos na Arte do Século XX” e uma opção condicionada da área.
- no 2.º semestre na realização da unidade curricular obrigatória “Problemas de Arte Contemporânea”, uma opção condicionada na área e uma opção livre.
- a elaboração e entrega nos 3.º e 4.º semestres da componente não letiva.

Acesso a outros cursos

Acesso a ciclos de estudos conducente ao grau de doutor. Sobre as condições específicas de acesso aos cursos de doutoramento consulte-se os regulamentos dos cursos de doutoramento da FCSH/NOVA.

Regras de avaliação

Ao diploma de pós-graduação é atribuída uma classificação final no intervalo de 10-20 de escala numérica inteira de 0 a 20, bem como o seu equivalente na escala europeia de comparabilidade de classificações. A classificação final do diploma de pós-graduação é a média, por crédito, das classificações obtidas nas unidades curriculares em que o aluno realizou os 60 créditos da componente curricular do mestrado. Ao grau de mestre é atribuída a classificação final no intervalo de 10-20 de escala numérica inteira de 0 a 20, bem como o seu equivalente na escala europeia de comparabilidade de classificações. A classificação final do grau de mestre será a média da classificação final da componente curricular do curso, com o peso de 40%, e da classificação atribuída à dissertação, ou ao trabalho de projeto ou ao estágio com relatório, com o peso de 60%.

Estrutura