Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Estudos de Segurança - 1. semestre

Código

711071010

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Estudos Políticos

Créditos

6

Professor responsável

Alexandra Magnólia Dias

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português

Objectivos

1. Identificação das principais escolas que procuraram formular uma teoria geral da segurança internacional – Liberalismo; Realismo; Constructivismo e Teoria(s) Crítica(s) mas também outras, Europeias, Chinesa, etc. − e dos principais autores de obras que avançaram com teorias da segurança internacional.
2. Encorajar a capacidade de análise crítica dos principais problemas e debates da segurança internacional: vários entendimentos de Segurança, Anarquia e Ordem Internacional; Causas dos Conflitos e Procura da Segurança e Cooperação; Paz Democrática e Paz Hegemónica; Equilíbrio de Poder e Segurança Colectiva; Dissuasão e Coerção; Novidade e especificidade ou não de certos conflitos e da dificuldade da sua resolução (Nuclear, Guerras Civis, Insurreição e Terrorismo).
3. Encorajar a capacidade de análise crítica das principais dinâmicas que levaram à constituição e funcionamento das principais instituições da segurança e cooperação internacional: Segurança Colectiva e ONU; Alianças, Segurança Cooperativa, Comunidades Regionais de Segurança e NATO; Concertação das Grandes Potências, Cimeiras e o Conselho de Segurança da ONU.

Pré-requisitos

Não tem.

Conteúdo

1º Módulo: As Principais Escolas Teóricas

Apresentação da cadeira e Introdução à Disciplina: Segurança e Estratégia, Segurança, RI e Ciência Política.

2. O que é a Segurança (Ética ou Técnica)? Conceitos tradicionais e novos conceitos de Segurança (Humana, Ambiental, Económica, Energética, etc.)
3. Realismo: (Clássico e Neo-Clássico; Neo-Realismo/Realismo Estrutural; Defensivo; Ofensivo)
4.: Liberalismo e Estudos para Paz
5. Constructivismo e Teorias Críticas
6. Outras Escolas – Europeias, China, etc.


2.º Módulo: Causas de Conflitos
7. Causas de Conflitos Convencionais – o homem, o Estado e o Sistema internacional (I e II Guerra Mundial)
8. Causas de Conflitos Não-Convencionais (ex-Jugoslávia e Iraque I e II): «Greed, Grievance, Identity?


3.º Módulo: Procura da segurança
9. Império e hegemonia, Paz Hegemónica e Guerras de Transição Hegemónica (Pax Sinica, Pax Britannica, Pax Americana): definições e transições
10. Alianças e Comunidades de Segurança («Balance, Band-wagon, Segurança Cooperativa): o caso da NATO
11. Dissuasão, Desenvolvimento Teórico e o desafio da sobrevivência ao nuclear durante Guerra Fria
12. Segurança Colectiva (Liga das Nações e ONU)
13. Gestão de Crises e Resolução de Conflitos (Guiné, Líbia)

4.º Módulo: Novas Ameaças?
14. Novas Guerras ou velhas tácticas assimétricas? (Estados Falhados, Proliferação e o caso do Irão)
15. Revisão de Teorias ou Potências Revisionistas? (Do Choque de civilizações à ascensão da China)


Bibliografia

Collins, Allan (ed.), Contemporary Security Studies. (Oxford UP) última ed. (latest edition);
Hughes, Chris (ed.), Security Studies : a Reader. (Routledge), última ed. (latest edition);
Mahnken, Thomas and Maiolo, Joseph A. (eds.), Strategic Studies: A Reader (Routledge, 2008);
Nye, Joseph, Compreender os Conflitos Internacionais: Uma Introdução à Teoria e à
História. (Gradiva, 2002);
Williams, Paul D. (ed), Security Studies: An Introduction (Routledge) última ed., (latest edition);

Método de ensino

Exposição pelo professor; seguida por curtas discussões dirigidas.

Método de avaliação

A participação durante as aulas revelando capacidade de raciocínio e debate terá um peso de 25% na classificação final. O exame escrito final será a avaliação decisiva do conhecimento aplicado dos autores e conceitos relevantes, de investigação e análise crítica, boa estruturação da argumentação e exposição clara num texto coerente, tendo um peso de 75% na classificação final.

Cursos