Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Sistemas Políticos - 1. semestre

Código

711071033

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Estudos Políticos

Créditos

6

Professor responsável

Marco Lisi

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português com apoio tutorial em LE

Objectivos

Estudar os diferentes tipos de sistemas políticos, combinando a análise histórica com uma abordagem empírica. Estudar a variação das diferentes configurações institucionais dos regimes democráticos e não democráticos. Analisar as tendências contemporâneas e os problemas de funcionamento dos sistemas políticos democráticos.

Pré-requisitos

Não aplicável

Conteúdo

Os sistemas políticos: forma e organização do poder. Instituições e sistemas políticos. Sistemas políticos não democráticos: regimes totalitários, autoritários e híbridos. Sistemas políticos democráticos: presidencialismo, parlamentarismo e semi-presidencialismo. Evolução dos regimes democráticos e tendências contemporâneas.


Bibliografia

Brooker, P. Non-Democratic Regimes: Palmgrave MacMillan, 2009.
Linz, J. Totalitarian and Authoritarian Regimes. Boulder: Lynne Rienner, 2000.
LOBO, Marina Costa e Octavio AMORIM NETO (ed.), O Semipresidencialismo nos Países de Língua Portuguesa, Lisbon, Imprensa de Ciências Sociais, 2009.
PASQUINO, Gianfranco, Sistemas políticos comparados, Cascais, Principia, 2005.
NORTON, Philip (ed.), Parliaments and Governments in Western Europe, London, Frank Cass, 1998.
SARTORI, Giovanni, Comparative Constitutional Engeneering: An Inquiry into Structures, Incentives and Outcomes, London, Palgrave, 1994.

Método de ensino

Combinação de aulas de índole teórica e de exposição de conhecimentos (60%), com aulas práticas destinadas quer à apresentação e discussão de textos (20%), quer à operacionalização de conceitos e à validação empírica de argumentos e hipóteses explicativas (20%)



Método de avaliação

A avaliação será feita a partir de dois elementos: uma frequência a meio do curso (50%), e outra frequência no fim do curso (50%). As duas provas são obrigatórias e individuais. A classificação final será ponderada tendo em conta também a participação nas aulas. O regime de avaliação prevê a obrigatoriedade da presença em, pelo menos, 2/3 das aulas.

Cursos