Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Partidos Políticos e Organizações de Interesse - 2. semestre

Código

711071053

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Estudos Políticos

Créditos

6

Professor responsável

Marco Lisi

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português com apoio tutorial em LE

Objectivos

a) Compreender as origens e o desenvolvimento dos partidos políticos e dos grupos de pressão e sua diversidade histórica.
b) Compreender as características dos sistemas de partidos e a sua evolução.
c) Compreender as funções das organizações de interesse e as suas implicações para um regime democrático, bem como as suas consequências em termos de desempenho económico e social.

Pré-requisitos

Não aplicável

Conteúdo

1. Abordagens teóricas ao estudo dos partidos políticos
2. Origens e funções dos partidos políticos.
3. As características dos partidos políticos e a sua evolução.
4. Transformação dos partidos: democratização e cartelização das organizações partidárias.
5. Sistemas de partidos: contributos teóricos.
6. Sistemas de partidos: evolução e dinâmicas nas democracias contemporâneas.
7. Definições e funções dos grupos de interesse.
8. Evolução dos grupos de interesse.
9. A teoria pluralista dos grupos de interesse.
10. Neocorporativismo e neopluralismo.
11. Sistemas de intermediação de interesses: consequências económicas.
12. Sistemas de intermediação de interesses e democracia.

Bibliografia

BAUMGARTNER, Frank R. e Beth L. LEECH, Basic interests: the importance of groups in politics and social science, Princeton, Princeton University Press, 1998.
JALALI, Carlos, Partidos e Democracia em Portugal 1974-2005, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais, 2007.
LEHMBRUCH, Gerhard e Philippe C. SCHMITTER (dir.), Patterns of Corporatist Policy-Making, Londres, Sage, 1982.
LISI, Marco, Os Partidos em Portugal: continuidade e transformação, Lisboa, Almedina, 2011.
LOPES, Fernando Farelo, Os Partidos Políticos, Oeiras, Celta, 2005.
MAIR, Peter, Party System Change. Approaches and Interpretations, Oxford, Clarendon Press, 1997.
WARE, Alan, Political Parties, Oxford, Oxford University Press, 1997.

Método de ensino

Aulas de índole teórica, de exposição dos tópicos fundamentais do Programa (75%), combinadas com aulas práticas baseadas na discussão de textos previamente seleccionados ou na apresentação de trabalhos pelos alunos (25%)
Ensino presencial.

Método de avaliação

Duas frequências, um a meio do curso e outra no fim das aulas (50% cada). A assiduidade dos estudantes (2/3 das aulas no mínimo, excepto para estudantes com regime especial) e a qualidade das suas intervenções nos debates realizados nas aulas serão um elemento de ponderação nas notas finais (até 10%).

Cursos