Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

História das Relações Internacionais Portuguesas - 1. semestre

Código

711071055

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Estudos Políticos

Créditos

6

Professor responsável

Tiago Moreira de Sá

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português

Objectivos

a) Identificar as linhas de força fundamentais das Relações Internacionais portuguesas
b) Adquirir competências sobre as condicionantes externas e constantes históricas da política externa portuguesa, numa perspectiva de longa duração
c) Identificar os actores, os processos e estratégias da política externa portuguesa, com incidência no século XX

Pré-requisitos

Não aplicável

Conteúdo

1.Definição dos conceitos operatórios da análise da política externa.
2.Linhas de força de longa duração:
2.1. Condicionantes geopolíticas;
2.2. Constantes históricas;
3. Análise dos actores, processos e estratégias da política externa de Portugal, ao longo dos diferentes regimes políticos:
3.1. Monarquia Constitucional;
3.2. 1ª República;
3.3.Estado Novo;
3.4.Democracia.

Bibliografia

1.António Costa Pinto; Nuno Severiano Teixeira, A Europa do Sul e a construção da União Europeia, ICS, Lisboa, 2005.
2. TELO, António José , Portugal e a NATO, Lisboa, Cosmos,1996.
3.TEIXEIRA, Nuno Severiano, O Poder e a Guerra, Lisboa, Estampa, 1996.
4.TELO, António José , Portugal e a segunda Guerra, 2 vols., Lisboa, Vega, 1992.
5. OLIVEIRA, César , Portugal e a Guerra Civil de Espanha, Lisboa, O Jornal, 1987.

Método de ensino

Apresentação da matéria e contextualização de conceitos e problemas, com recurso a leitura a análise de textos.

Método de avaliação

2 Frequências: Frequência mid-term (50%) e frequência final (50%)

Cursos