Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Seminário de Especialidade em Ensino e Psicologia da Música - 2. semestre

Código

73202104

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento

Ciências Musicais

Créditos

10

Professor responsável

Helena Rodrigues

Horas semanais

2

Língua de ensino

Português-Inglês

Objectivos

1. Adquirir uma perspectiva geral sobre temas de estudo e diferentes abordagens metodológicas no âmbito do Ensino e da Psicologia da Música.
2. Conhecer literatura em áreas de estudo específicas, bem como instrumentos metodológicos que possam trazer novos contributos de pesquisa em áreas de estudo emergentes.
3. Desenvolver capacidades de pesquisa em termos de recolha e selecção da informação.
4. Aplicar competências de análise crítica a publicações cientificamente arbitradas e a outros contributos da especialidade.
5. Adquirir conhecimentos e competências necessárias para a redacção de um artigo científico relativo a um tema identificado.




Pré-requisitos

Não aplicável.

Conteúdo

A) Psicologia da Música e Pedagogia Musical: perspectiva geral sobre campos de trabalho e temas de estudo.

B) Exercícios práticos no âmbito da aprendizagem musical e do estudo da interação humana.

C) Fontes de pesquisa e cuidados na revisão da literatura no âmbito do desenvolvimento musical e da arte para a infância. Aspectos relativos à redacção de artigos de revisão de literatura nestes âmbitos temáticos específicos.

D) Identificação de questões e problemas de estudo específicos no âmbito do estudo do desenvolvimento musical na infância. Aspectos relativos à utilização de instrumentos metodológicos relevantes para o seu estudo.





Bibliografia


Cozby, P. (2003). Métodos de pesquisa em ciências do comportamento. São Paulo: Editora Atlas.

Dissanayake, E. (2017). Ethology, Interpersonal Neurobiology, and Play Insights into the Evolutionary Origin of the Arts. American Journal of Play, 9(2), 143–168.

Martin, P. & Bateson, P. (1994). Measuring behaviour. Cambridge: Cambridge University Press.

Pyrczak, F. & Bruce, R. (2003). Writing empirical research reports: A basic guide for students of the social and behavioral sciences. Los Angeles: Pyrczak Publishing

Rodrigues, H. & Johnson, C. (2007). Investigação em Psicologia da Música: Estudos Críticos. Lisboa: CESEM.

Stern, D. (2010). Forms of vitality – Exploring Dynamic Experience in Psychology, the Arts, Psychotherapy, and Development. Oxford: Oxford University Press.

Valerio, W. H., Reynolds, A. M., Morgan, G. B., & McNair, A. A. (2012). Construct Validity of the Children’s Music-Related Behavior Questionnaire. Journal of Research in Music Education, 60(2), 186–200.

Método de ensino

As aulas desenvolvem-se a partir de diálogos estabelecidos com os alunos, tomando como ponto de partida a bibliografia indicada. São propostas dinâmicas de grupo facilitadoras de feedbacks personalizados, ajustados às necessidades individuais. A aquisição de competências relativas à identificação de problemas de estudo e à aquisição de competências no âmbito da escrita científica processa-se através de exercícios práticos de natureza sequencial.

Método de avaliação

A avaliação terá como base a participação nas aulas, materializada na apresentação dos seguintes trabalhos: 1) Produção de uma lista de fontes bibliográficas e justificação sumária da sua relevância para a revisão de literatura afecta a um problema científico pré-definido (20%). 2) Três recensões críticas (30%). 3) Ensaio apresentando uma revisão de literatura (ou realização de um artigo relatando a adaptação para o contexto português de um estudo científico realizado noutro país). (50%).

Cursos