Faculdade de Ciências e Tecnologia

Bioquímica Geral C

Código

10348

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Departamento

Departamento de Química

Créditos

6.0

Professor responsável

Isabel Borges Coutinho Medeiros Dias

Horas semanais

4

Total de horas

54

Língua de ensino

Português

Objectivos

No fim do semestre o aluno deverá conseguir, com facilidade:

  Descrever  a constituição e a estrutura de proteínas. Conhecer as interacções envolvidas nos diferentes níveis estruturais (estrutura primária, secundária, terciária e quaternária). Distinguir proteínas globulares e fibrosas. Conhecer os métodos experimentais correntes de isolamento, purificação, sequenciação e caracterização estrutural de proteínas.  Saber dar exemplos de correlação estrutura – função em proteínas, nomeadamente no que diz respeito ao mecanismo de algumas enzimas. Descrever  os conceitos básicos de catálise enzimática, o papel de cofactores e a regulação enzimática. Interpretar dados de cinética enzimática e calcular parâmetros cinéticos com e sem inibição de acordo com o modelo Michaelis-Menten. Proceder à execução de ensaios enzimáticos.

 Descrever a constituição, a estrutura e os tipos mais comuns de carbohidratos.

Descrever a constituição e as estruturas do DNA e do RNA. Descrever os processos e a regulação dos passos de replicação, de transcrição e de tradução do DNA. Ter conhecimentos sobre os procedimentos da tecnologia do DNA recombinante.

 Descrever a  constituição, a  estrutura  e  as principais propriedades físicas das membranas celulares. Descrever as principais características do modelo do mosaico fluido para as membranas biológicas. Conhecer os sistemas de transporte biológico.

 Compreender as principais características do metabolismo, do catabolismo e do anabolismo. Conhecer as estruturas dos nucleótidos envolvidos no metabolismo.  Compreender  o papel central do ATP  no metabolismo. Perceber os conceitos básicos de bioenergética incluindo  o acoplamento de reacções. Proceder a cálculos de bioenergética.  Descrever as principais vias metabólicas na célula, as suas interacções e a sua regulação, com enfoque no caminho metabólico central e na fotossíntese.Compreender e descrever correctamente a diferença entre a fosforilação a nível de substracto e a fosforilação associada à transferência electrónica.

Obter competências na utilização de materiais e equipamentos correntemente disponíveis num laboratório de bioquímica, bem como na aquisição, tratamento, apresentação e discussão de resultados experimentais

Conteúdo

Conteúdos das aulas teóricas e teórico-práticas:

Macromoléculas: proteínas fibrosas e globulares. Métodos de separação e caracterização de proteínas. Exemplos de correlação estrutura – função em proteínas. Tópicos de enzimologia. Ácidos nucleicos. Transmissão da informação genética. Tópicos  de engenharia genética. Carbohidratos. Tópicos de glicobiologia. Lípidos. Membranas biológicas. Tópicos de transporte biológico.

Metabolismo: Características gerais do metabolismo. Bioenergética.  Glicólise. Fermentações.      Ciclo dos ácidos tricarboxílicos. Transferêcia electrónica mitocondrial e fosforilação oxidativa. Fotossíntese e fotofosforilação.

 Práticas de laboratório:

Propriedades ácido-base de aminoácidos. Separação de proteínas por cromatografia em coluna. Estudo da actividade da enzima lactase. 

Bibliografia

LEHNINGER PRINCIPLES OF BIOCHEMISTRY
Nelson, D.L., & Cox, M.M.
W.H. Freeman and Company, San Francisco, 5th ed. 2008

PRINCIPLES OF BIOCHEMISTRY
Voet, D., Voet, J.G. & Pratt, C.W.
John Wiley & Sons, Inc., New York, 3rd ed. 2008

BIOCHEMISTRY
Lubert Stryer
W. H. Freeman and Company, San Francisco.
6th Ed. 2007

Método de ensino

Aulas teórico-práticas e aulas práticas de laboratório. As aulas teórico-práticas incluem sessões de resolução de problemas e  serão  dadas com recurso a “data show”. As aulas práticas de laboratório consistem na realização, em grupos de 3 ou 4 alunos, de quatro trabalhos  experimentais e   dos respectivos questionários

Método de avaliação

A avaliação da disciplina  inclui dois testes escritos individuais e  a apreciação e discussão dos trabalhos práticos de laboratório e dos respectivos questionários. As sessões práticas de laboratório têm frequência obrigatória.  Mais  detalhes do processo de avaliação encontram-se no Regulamento da Disciplina, em anexo.

A classificação final resulta da ponderação de 40% da classificação de  cada teste escrito e de 20% da apreciação e discussão  da parte prática da disciplina. Será conferido aproveitamento aos alunos com classificação igual ou superior a 9.5 valores e com frequência da parte prática da disciplina.

 

Cursos