Faculdade de Ciências e Tecnologia

Empreendedorismo

Código

10380

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Departamento

Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial

Créditos

3.0

Professor responsável

Virgílio António Cruz Machado

Horas semanais

9

Língua de ensino

Português

Objectivos

No final desta unidade curricular, os alunos deverão ter desenvolvido um espírito empreendedor, uma atitude de trabalho em equipa e estar aptos a:

1) Identificar ideias e oportunidades para empreenderem novos projetos;

2) Conhecer os aspetos técnicos e organizacionais inerentes ao lançamento dos projetos empreendedores;

3) Compreender os desafios de implementação dos projetos (ex: mercado, financiamento, gestão da equipa) e encontrar os meios para os ultrapassar;

4) Expor a sua ideia e convencer os stakeholders.

Pré-requisitos

O conteúdo programático foi desenhado para incentivar o aluno ao empreendedorismo e à perceção e análise da envolvente em busca de oportunidades de negócio, de forma a que consiga aplicar os conhecimentos adquiridos:

1) na transformação de conhecimento científico em ideias de negócio;

2) na criação, seleção e desenvolvimento de uma ideia para um novo produto ou serviço;

3) na elaboração de um plano de negócio e de um plano de marketing;

4) na exposição das suas ideias em curto tempo e em ambientes stressantes.

Conteúdo

O empreendedorismo como estratégia de desenvolvimento pessoal e organizacional. Processos de criação de ideias. A proteção da propriedade intelectual: patentes e formalismos técnicos. A gestão de um projeto de empreendedorismo: planeamento; comunicação e motivação; liderança e gestão de equipas Marketing e inovação para o desenvolvimento de novos produtos e negócios. O plano de negócios e o estudo técnico-financeiro. Financiamento e Sistemas de Incentivos: formalidades e formalismos. A gestão do crescimento e o intra-empreendedorismo.

Bibliografia

Livros:

Paul Burns, (2010), "Entrepreneurship and Small Business: Start-up, Growth and Maturity", Palgrave Macmillan, 3rd Ed.

Kotler, P. (2011), "Marketing Management", Prentice-Hall.

Shriberg, A. & Shriberg (2010), "Practicing Leadership: Principles and Applications", John Wiley & Sons, 4th Ed., USA.

Spinelli, S. & Rob Adams (2012). “New Venture Creation: Entrepreneurship for the 21st Century”. McGraw-Hill Higher Education; 9 Ed.

Thomas H. Byers, Richard C. Dorf, Andrew Nelson (2010) “Technology Ventures: From Idea to Enterprise”, 3rd Ed., McGraw-Hill Higher Education

Robert D. Hisrich, (2009). "International Entrepreneurship: Starting, Developing, and Managing a Global Venture", Sage Publications, Inc

R.D. Hisrich, M.P. Peters & D.A. Shepherd, “Entrepreneurship”, 7th ed., McGraw-Hill Int’l Ed., 2007.

Scott A. Shane (2008) “Technology Strategy for Managers and Entrepreneurs”, Prentice Hall.

Guy Kawasaki (2004), “The Art of the Start: The Time-Tested, Battle-Hardened Guide for Anyone Starting Anything”, Penguin Group Inc.

                  

Revistas científicas:

Entrepreneurship Theory and Practice (http://eu.wiley.com/WileyCDA/WileyTitle/productCd-ETAP.html)

Journal of Entrepreneurship (http://joe.sagepub.com/)

International Entrepreneurship and Management Journal (http://www.springer.com/business+%26+management/entrepreneurship/journal/11365)

International Journal of Entrepreneurial Behaviour & Research (http://www.emeraldinsight.com/products/journals/journals.htm?id=ijebr)

Entrepreneurship & Regional Development, an International Journal (http://www.tandf.co.uk/journals/tepn)

Journal of Business Venturing (http://www.journals.elsevier.com/journal-of-business-venturing/)

International Small Business Journal (http://isb.sagepub.com/)

Método de ensino

Considerando o tempo disponível (5 semanas), a metodologia de ensino preconiza que em cada semana sejam discutidos e trabalhados (em grupo) os temas apresentados, os quais tinham sido definidos nos objetivos de aprendizagem. Na 1ª semana os temas a abordar estão relacionados com os aspetos estratégicos do empreendedorismo, a geração de ideias, a liderança e a gestão de equipas; como resultado os alunos deverão constituir e organizar as suas equipas para poderem definir o problema que se pretende resolver. Na 2ª semana, os temas apresentados permitirão que o aluno possa evoluir no seu projeto acrescentando opções de soluções ao problema identificado na semana anterior e proceder à seleção de uma delas. Na 3ª semana, a abordagem ao mercado e às condições de comercialização viabilizarão a concretização do plano de marketing. Na 4ª semana, abordar-se-ão os aspetos relacionados com a viabilidade financeira do projeto, possibilitando a realização do respetivo plano de negócio e do seu financiamento. Na última semana, abordar-se-á o processo de exposição da ideia aos potenciais interessados, tendo os alunos que realizar a apresentação e defesa do seu projeto num elevator pitch, perante um júri.

Neste sentido, a metodologia privilegia

1) a apresentação de casos práticos e de sucesso;

2) a promoção de competências nos domínios comportamentais, nomeadamente, no que respeita ao desenvolvimento do sentido crítico, à defesa de ideias e argumentos baseados em dados técnico-científicos, à tolerância e capacidade de gestão de conflitos em situações adversas e stressantes.

3) a participação dos alunos nos trabalhos colocadas ao longo da unidade curricular e a sua apresentação.

Método de avaliação

Este curso será ministrado a alunos dos 4º ou 5º anos dos programas de "Mestrado integrado" e de 2º ciclo (mestrado).

O programa é dimensionado para decorrer entre o 1º e o 2º semestre (Janeiro-Fevereiro), num período de 5 semanas, envolvendo um total de 45 horas presenciais (TP), organizadas em 15 sessões de 3 horas e exigindo um esforço global da ordem de 3 ECTS.

As aulas presenciais baseiam-se na exposição dos conteúdos do programa. Os estudantes serão solicitados a aplicar as competências adquiridas através da criação e desenvolvimento de uma ideia (produto ou negócio).

Assente nos princípios da multidisciplinaridade, as aulas integrarão alunos provenientes de diversos cursos com vista a promover a integração de conhecimento derivado de várias áreas científicas e envolverão professores e "mentores" com background diverso nos domínios da engenharia, da ciência, da gestão e dos negócios.

A avaliação compreende a apresentação e defesa da ideia num elevator pitch e do respetivo relatório (realizado em grupo de 4-5 elementos). A apresentação contribuirá com 50% e o relatório com 50% para a nota final.

Será utilizada a metodologia do “banco de valores” para atribuição da nota individual, de acordo com a seguinte formula:

(  C x N  ) + N / 2

em que C será a classificação do júri e N o nº de elementos do grupo

Cursos