Guia de Cursos

Queres conhecer a oferta de cursos da NOVA, nas áreas das licenciaturas, mestrados e doutoramentos?
No nosso Guia de Cursos encontras informação útil sobre Faculdades, Institutos e Escolas.
Podes ainda aceder a informações complementares necessárias a uma completa integração.

saber mais Guia de Cursos

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Métodos de Estudo em Paleontologia

Código

10928

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Departamento

Departamento de Ciências da Terra

Créditos

6.0

Professor responsável

Octávio João Madeira Mateus, Paulo Alexandre Rodrigues Roque Legoinha

Horas semanais

6

Total de horas

51

Língua de ensino

Português

Objectivos

Proporcionar a aquisição de conhecimentos que contribuam para o desenvolvimento de investigação científica de qualidade nos diferentes domínios da Paleontologia.

 Promover a aprendizagem de técnicas de trabalho que contribuam significativamente para o desenvolvimento de investigação aprofundada no domínio da Paleontologia.

 Dominar técnicas de campo e laboratoriais para a pesquisa, amostragem, separação e estudo dos fósseis.

Proporcionar o desenvolvimento de competências técnicas que contribuam para a formação de profissionais produtivos.

Conteúdo

Fósseis: colheita e métodos de estudo.

Técnicas de preparação de microfósseis (Calcários e Siliciosos).

Técnicas de preparação química e mecânica de vertebrados fósseis. A importância dos  

agentes consolidantes na preparação. Etapas da preparação.

Metodologias digitais aplicadas ao estudo de vertebrados.

Técnicas de microscopia electrónica no estudo dos fósseis.

Tratamento laboratorial de amostras para pesquisa de mesorrestos de vegetais fósseis, esporos e pólenes.

Moldagem e replicação de fósseis.

Ilustração de fósseis.

Importância da Paleontologia nas reconstituições paleoambientais e paleoecologicas.

Bibliografia

BRAILLON, J. (1973) – Utilisation de techniques chimiques et physiques dans le dégagement et le triage des fossiles de vertebrés. Bulletin Muséum National d’ Histoire Naturelle. Ser.3, 176 :141-166.

KELLNER, A.W :A. (1992) – Técnicas de preparação para tetápodes fósseis preservados em rochas calcárias. A Terra em Revista, CPRM, p. 24-31.

ANDERSEN,A.F.; CHAPMAN, R.E. & DICKMAN, J. (2001) – Using prototyping technology in vertebrate paleontology: Journal of Vertebrate Paleontology, 21(3): 28A

ALCOBER, O. (2002) – Tomografia digital de tetrápodos triásicos de Argentina. Ameghiniana, 39 (4  Supl.):5R.

TRAVERSE, A. (2007) – Paleopalynology. Second Edition, Springer, The Netherlands.

TAYLOR, T.N.; TAYLOR, E. & KRINGS, M. (2009) – Palaeobotany: The biology and evolution of fossil plants. Second Edition, Academic Press, New York.

CARVALHO, Ismar de Sousa (editor) (2010) - Paleontologia: Conceitos e Métodos – 3ª edição. Editora Interciência. Brasil.

Cursos