Faculdade de Ciências e Tecnologia

Biologia Celular C

Código

7122

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Departamento

Departamento de Ciências da Vida

Créditos

6.0

Professor responsável

Luís Jaime Gomes Ferreira da Silva Mota

Horas semanais

3

Total de horas

52

Língua de ensino

Português

Objectivos

O objectivo central desta unidade curricular é proporcionar uma visão global de conceitos fundamentais necessários para uma compreensão da estrutura funcional das células vivas. Espera-se que após a sua conclusão os alunos sejam capazes de:

  • identificar semelhanças e diferenças entre os diferentes tipos de células vivas;
  • descrever como as proteínas são sintetizadas a partir de DNA e de como este processo é regulado;
  • identificar os diferentes organelos de células eucariontes e descrever as suas funções;
  • comparar a estrutura e a função dos constituintes do citoesqueleto das células eucarióticas;
  • saber como proteínas e membranas são transportadas no interior das células vivas;
  • saber conceitos fundamentais subjacentes à divisão e ciclo celular, à sinalização celular e à adesão celular;
  • analisar resultados experimentais relacionados com os temas da unidade curricular.

Pré-requisitos

Não há requisitos prévios

 

Conteúdo

Organização e função das células vivas. Células eucariontes e procariontes.. Composição e função de membranas celulares. Função de organelos e descrição de processos celulares: organização do núcleo; replicação do DNA; transcrição do DNA; síntese de proteínas; regulação da expressão genética; mitocôndrias e cloroplastos; peroxissomas; retículo endoplasmático; Golgi; lisossomas e endossomas. O transporte intracelular: nucleocitoplasmático, transmembranar e vesicular. Citoesqueleto e motores moleculares. Sinalização celular. Ciclo celular e divisão celular. Adesão à matriz extracelular e célula-célula. 

 

Bibliografia

Biologia Celular e Molecular, Carlos Azevedo e Cláudio E. Sunkel, 5a Edição, 2012, Edições Lidel, Lisboa.

Essential Cell Biology, Bruce Alberts, Dennis Bray, Karen Hopkin, Alexander Johnson, Julian Lewis, Martin Raff, Keith Roberts, Peter Walter, 3rd Edition, 2008, Garland Science, Taylor&Francis Group, New York.

Slides das aulas teóricas e folhas de exercícios das aulas teórico-práticas (providenciados pelo regente).

Método de ensino


Abordagem teórica e teórico-prática a todas as matérias, por exposição oral/multimédia.

Método de avaliação

- Avaliação contínua:

i) avaliação teórico-prática - 3 testes escritos sem consulta, que se focarão nas aulas teóricas e teórico-práticas. As notas dos testes (de 0 a 20 valores) serão dadas às décimas. A nota final desta componente de avaliação será a média ponderada (correspondente à quantidade de matéria em cada teste) dos 3 testes e corresponde a 85% da nota final. Cada um dos testes não tem nota mínima, mas a média ponderada dos 3 testes tem de ser ≥ 9.5 valores. 

ii) avaliação sumativa - participação, questionários e resolução de problemas nas aulas teórico-práticas. Nota de 0-20. Nota mínima de 10 valores. Corresponde a 15% da nota final.

- É necessária inscrição prévia para cada um dos testes.

- A nota final (de 0 a 20) será a média ponderada dos 3 testes (85%) e da avaliação sumativa (15%). Para o seu cálculo, a média ponderada será arredondada ao número inteiro mais próximo.

- A aprovação na unidade curricular necessita de uma média final de pelo menos 10 valores (i.e., 9.5 valores) 

- No caso de avaliação em exame, a nota final será a média ponderada do respectivo exame (85%) e da nota da avaliação sumativa (15%), arredondada ao número inteiro mais próximo.

- O exame incidirá sobre toda a matéria leccionada, não sendo possível repetir apenas um dos testes. 

- Para obter Frequência à unidade curricular, os alunos não podem dar mais de 3 faltas não justificadas nas aulas teórico-práticas, a não ser que as ausências sejam formalmente justificadas.

- A Frequência obtida neste ano lectivo (2017/2018) apenas é válida no ano lectivo seguinte (2018/2019).

- Os alunos com estatuto de trabalhador-estudante estão dispensados de Frequência e não estão sujeitos a avaliação sumativa. Nestes casos excepcionais, a nota final será a média ponderada dos três testes ou a nota do exame de recurso.

 

 

 

Cursos