Faculdade de Ciências e Tecnologia

Geologia Económica e Recursos Energéticos

Código

7770

Unidade Orgânica

Faculdade de Ciências e Tecnologia

Departamento

Departamento de Ciências da Terra

Créditos

6.0

Professor responsável

Sofia Verónica Trindade Barbosa

Horas semanais

4

Língua de ensino

Português

Objectivos

Perceber a importância sócio-económica dos recursos geológicos. Identificar regiões dotadas de recursos e as implicações na geopolítica mundial. Conhecer os processos e as dependências com a geologia, os mecanismos de génese e de controlo de depósitos minerais e os modelos metalogenéticos e suas zonalidades. Identificar mecanismos geológicos associados a recursos energéticos, principais produtores e consumidores e perspectivas futuras de uso. Conhecer técnicas e metodologias de prospecção mineira e parâmetros geológicos e económicos caracterizadores de um depósito mineral. Conhecer recursos geológicos estratégicos para tecnologias recentes e a sua distribuição mundial. Saber identificar potenciais recursos a prospectar numa região, planear prospecções mineiras e interpretar resultados; acompanhar estudos de pré-viabilidade de projectos de explorações mineiras; desempenhar funções diversas no sector mineiro (técnicas ou administrativas), em quaisquer fases de Ciclo de Vida de uma mina.

Pré-requisitos

Não existem.

Conteúdo

Recursos renováveis e não renováveis. Recursos minerais e energéticos. Reservas, base de reservas e base de recursos. Metais abundantes e escassos. Distribuição global de recursos. Os recursos geológicos e a sociedade. Geopolítica e controlo mundial dos recursos. Disponibilidades para as gerações futuras. A problemática das CRM – “Critical Raw Materials” no contexto europeu e mundial. A importância da geologia económica. Processos geradores de depósitos minerais. Fluidos mineralizantes, migração e deposição de minérios. Alteração-mineralização. Sequência paragenética e zonamento. Classificação de depósitos minerais e exemplos mundiais e portugueses. Enquadramento geotectónico dos depósitos minerais. O Ciclo Hercínico e as mineralizações. Províncias metalogenéticas. Processos mineralizantes em fase activa. Minérios radioactivos. Geotermia. Recursos estratégicos para novas tecnologias e para o futuro. Métodos de prospecção mineira. Parâmetros importantes em estudos de pré-viabilidade: diluição, teor de corte, Net Smelter Return. Ciclo de vida das minas.

Bibliografia

[1] J. Craig et al. (1998) - Resources of the Earth. Prentice Hall. 
[2] J. M. Guilbert & C. F. Park (1986) - The Geology of Ore Deposits. Freeman. 
[3] W. C. Peters (1988) - Exploration and Mining Geology. 2nd ed., John Wiley & Sons. 
[4] F. J. Sawkins (1990) - Metal Deposits in relation to Plate Tectonics. 2nd ed., Springer-Verlag. 
[5] R. Marjoribanks (1997) - Geological Methods in Mineral Exploration and Mining. Chapman & Hall. 
[6] S. Barbosa (2003). Sebentas de apoio às aulas teórico-práticas de “Geologia Económica e Recursos Energéticos” leccionadas no DCT da FCT-UNL.

Método de ensino

O modelo de ensino adoptado é de tipo teórico-prático com: i) aulas teóricas e teórico práticas com apoio multimédia; ii) aulas práticas de visualização macroscópica de amostras respeitantes a deferentes tipos de depósitos mineirais, exposição e problemas sobre exemplos de prospecção mineira e parâmetros geológicos e económicos reguladores da actividade mineira; iii) visitas de campo a áreas mineiras abandonadas.

Método de avaliação

Dois testes escritos. Dispensa de exame com média igual ou superior a 10 valores e nota sempre superior ou igual a 9,5 valores em ambos os testes ou, em alternativa, Exame Final. Trabalho temático a apresentar no final do semestre contando 25% da nota final. Os testes ou exame final contam 75%.

Cursos