NOVA com taxa de ocupação de vagas de 100% confirma preferência dos estudantes no acesso ao ensino superior | Universidade NOVA de Lisboa

NOVA com taxa de ocupação de vagas de 100% confirma preferência dos estudantes no acesso ao ensino superior

Resultados do Concurso Nacional da Acesso ao Ensino Superior

 

A Universidade NOVA de Lisboa obteve uma taxa de ocupação de vagas de 100%, uma das mais elevadas a nível nacional entre as universidades generalistas, na primeira fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior 2017/2018, à semelhança do ano anterior.

O indicador de candidatura em 1.ª opção tem-se consolidado nos últimos cinco anos e, desde 2013, aumentou 30%. Este ano, para um total de 2706 vagas disponíveis, houve uma procura por parte de 4362 candidatos para quem a NOVA era a 1ª opção, o que comprova a preferência e o reconhecimento da NOVA por parte dos alunos portugueses.

A par destes resultados, tendo em conta a nota de entrada do último colocado, a NOVA lidera a nível nacional em 14 cursos, um acréscimo face ao ano anterior e que corresponde a 37% da oferta letiva.

Na região de Lisboa, essa liderança subiu também para mais de metade da oferta letiva (55%), já que a NOVA melhorou a posição face a 2016, passando a liderar em 21 cursos.

A NOVA registou a liderança da nota mais elevada a nível nacional do último colocado nos cursos de:

Ciência Política e Relações Internacionais (169,5), Ciências da Comunicação (168,5), Biologia Celular e Molecular (163,2), Sistemas e Tecnologias de Informação (160,7), Tradução (156,0), Matemática (153,6), História (148,0), Química Aplicada (144,8), Filosofia (138,0), Geografia e Planeamento Regional (132,0), Conservação e Restauro * (130,4), Ciências da Linguagem (128,5), Sociologia (regime pós-laboral) (128,5), Antropologia (123,5).

Às lideranças nacionais acrescem as seguintes, referentes à região de Lisboa, onde a NOVA obteve a nota mais elevada do último colocado nos cursos de:

Medicina (178,3), Gestão (174,0), Economia (169,5), Direito (160,5), Línguas, Literaturas e Culturas (141,5), Sociologia (140,0), Arqueologia (120,0).

A poucos dias de tomar posse como Reitor da NOVA, o Professor João Sàágua comenta:

“Os resultados obtidos este ano são excelentes, vêm novamente comprovar a liderança da NOVA no ensino superior em Portugal. Somos uma universidade generalista ao disponibilizarmos uma ampla oferta que abrange as Engenharias, Ciências Exatas, Medicina, Economia e Gestão e Humanidades. Estamos a atrair cada vez mais alunos que querem estudar na NOVA, que nos escolhem como primeira opção porque temos várias áreas de estudo em que somos dos melhores do país. Os principais indicadores mostram, de facto, a credibilidade e a reputação da NOVA e, neste momento, estão reunidas todas as condições para arrancarmos com um novo ano letivo prosseguindo com a nossa missão de contribuirmos positivamente para o desenvolvimento do país.”

 

 - * Nota: Conservação e Restauro não tem, em Lisboa, nenhum ciclo de estudos congénere