pixel Comissão Fulbright atribui bolsas a três estudantes da NOVA | Universidade NOVA de Lisboa

Comissão Fulbright atribui bolsas a três estudantes da NOVA

Estão inscritos na FCT NOVA e NOVA Medical School e vão ter oportunidade de desenvolver parte da sua investigação nos Estados Unidos, durante o ano letivo 2024/2025

A Comissão Fulbright, responsável pela atribuição de bolsas que oferecem a estudantes e investigadores portugueses a oportunidade de continuarem o seu trabalho nos EUA, acaba de anunciar os resultados das bolsas atribuídas para o ano académico 2024/2025.       

Na lista de vencedores, que pode consultada aqui, encontram-se três estudantes de doutoramento da Universidade NOVA de Lisboa.    

Ana Isabel Roque, Biologia, – Harvard Medical School (FCT NOVA)  

Beatriz Mariz, Biologia, Universidade Nova de Lisboa – Carnegie Mellon University (FCT NOVA)  

Nelson Descalço, Neuropsiquiatria, Universidade Nova de Lisboa – Stanford University (NOVA Medical School).  

Administrado em mais de 150 países, o programa Fulbright foi criado nos EUA em 1946 por proposta do Senador J. William Fulbright com o objetivo de, através do intercâmbio internacional de estudantes e professores, promover a partilha de ideias e a busca de soluções para problemas globais. Em Portugal o Programa é administrado pela Comissão Fulbright e desde o início, em 1960, que atribui anualmente bolsas a estudantes e investigadores, tanto portugueses como americanos, em diversas áreas académicas.