pixel "Hoje são os mais novos campeões da NOVA. Amanhã serão os líderes de que o mundo precisa". Conheça aqui os distinguidos no NOVA Young Talent Awards 2024  | Universidade NOVA de Lisboa

"Hoje são os mais novos campeões da NOVA. Amanhã serão os líderes de que o mundo precisa". Conheça aqui os distinguidos no NOVA Young Talent Awards 2024 

A Universidade NOVA de Lisboa voltou a homenagear os melhores estudantes do 1º ano das licenciaturas da NOVA, no ano letivo 2022/2023, tal como os diretores das suas escolas secundárias de proveniência. 

“Este prémio representa o reconhecimento da NOVA pela vossa dedicação e perseverança. Que ele sirva também como incentivo para continuarem a manter este nível de excelência ao longo do vosso percurso académico e, no futuro, já enquanto profissionais", realçou o Reitor da NOVA, João Sàágua, no início da cerimónia dos NOVA Young Talent Awards (NYTA), antes de sublinhar que “o nosso objetivo é claro: formar líderes inovadores, capazes de enfrentar os desafios do futuro com resiliência e criatividade”– em suma, "hoje são os mais novos campeões da NOVA. Amanhã serão os líderes de que o mundo precisa"

Foi esta terça-feira, 2, que o auditório da Reitoria da Universidade NOVA de Lisboa se encheu para aplaudir os 40 estudantes que se destacaram no 1º ano de cada um dos cursos da NOVA.  

Além de distinguir o seu empenho e dedicação, este Prémio, salientou ainda o Reitor, “homenageia também as Escolas Secundárias que prepararam, e muito bem, os seus estudantes, agora nossos, para um início brilhante na vida académica.”  

Houve ainda tempo para ouvir o testemunho inspirador de Nuno Palma dos Reis, aluno do 6º ano do Mestrado Integrado em Medicina na NOVA Medical School, em Lisboa, que conta já com um palmarés de relevo: diretor de parcerias e, mais tarde, presidente do iMed Conference – encontro que põe estudantes, médicos e investigadores a olhar em conjunto para o futuro da Medicina – e também fundador e presidente executivo da NOWACE, empresa júnior da NOVA Medical School e a primeira do género fundada por estudantes de medicina em Portugal.  

"Não se conformem, continuem a fazer questões e usem a vossa educação para fazer a diferença no mundo." 

“Sou um apaixonado pela tecnologia e inovação em Saúde e acredito que os estudantes de medicina estão numa posição privilegiada para ajudar a moldar o futuro dos cuidados de saúde”, começou por dizer Nuno Palma dos Reis ele que também foi vencedor da NOVA Starters Academy 2022, um dos programas de empreendedorismo da universidade dedicado a estudantes, antes de se lançar num discurso inspirador, quiçá também um pouco provocador. 

"Neste dia dedicado a celebrar o vosso sucesso, eu quero falar-vos de fracasso. esqueçam o futuro académico brilhante que tiveram até aqui e pensem num momento em que falharam. É difícil, não é? Deixe-me fazer o exercício também", prossseguiu Nuno Palma dos Reis, a lembrar, entre outros, que não conseguiu entrar em medicina à primeira tentativa e que, no segundo ano, chumbou à cadeira favorita porque se convenceu de que não precisaria de estudar." Num discurso deveras aplaudido, insistiu ainda que precisamos todos de aceitar mais e melhor os nossos próprios falhanços para podermos aprender com eles. "Afinal de contas até o Ronaldo falha penáltis! Ao longo dos anos incutiram-nos que não podíamos falhar. Mas eu acho que a realidade é diferente. Se não falharmos é porque não tentámos o suficiente. Se queremos atingir algo de valor, temos de sair da nossa zona de conforto e arriscar. Se queremos mudar alguma coisa à nossa volta e desafiar o status quo para responder e fazer perguntas desconfortáveis. Perdi a conta ao número de vezes que errei. Mas por ter alargado os horizontes ao meu conhecimento, por ter arriscado e ter errado, sei que serei um médico melhor." Em suma, "não se conformem, continuem a fazer questões e usem a vossa educação para fazer a diferença no mundo." 

Incluído no Plano Estratégico da Universidade para 2020-2030, o Programa Talent@NOVA é composto por vários subprogramas dedicados a todos aqueles que constituem a comunidade da NOVA, sejam professores, investigadores, colaboradores e estudantes. Conhecida por NYTA, a iniciativa que juntou parte da comunidade NOVA esta tarde é apenas uma dessas medidas.