pixel Elvira Fortunato | Universidade NOVA de Lisboa

Elvira Fortunato

Elvira Fortunato Vice-reitora da Universidade Nova de Lisboa
Coordena a área de Investigação

Elvira Fortunato é professora catedrática no Departamento de Ciência dos Materiais da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade NOVA de Lisboa, Fellow da Academia Portuguesa de Engenharia desde 2009 e foi condecorada com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, o Navegador, pelo Presidente da República em 2010, devido às suas conquistas científicas em todo o mundo. Em 2015 foi nomeada pelo Presidente da República Portuguesa, Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas.

Foi também membro do Conselho Nacional Científico e Tecnológico de Portugal entre 2012-2015 e membro do conselho consultivo da DG CONNECT (2014-2015).

É Vice-Reitora da NOVA, diretora do Instituto de Nanomateriais, Nanofabricação e Nanomodelagem e do CENIMAT. É membro do conselho de administração da Fundação Luso-Americana (Portugal/EUA, 2013-2020) e Coordenadora do Conselho Científico das Ciências Exatas e Engenharia da FCT-MCTES.

Foi pioneira na investigação europeia sobre eletrónica transparente, nomeadamente transístores de filme finos baseados em semicondutores de óxidos, demonstrando que os materiais óxidos podem ser usados como verdadeiros semicondutores. Em 2008, na 1ª edição das bolsas ERC, ganhou uma Advanced Grant com o projeto “Invisible”, considerado uma história de sucesso. No mesmo ano demonstrou com os seus colegas a possibilidade de fazer o primeiro transístor de papel, iniciando um novo campo na área de eletrónica de papel.

Com mais de 500 publicações científicas, Elvira Fortunato recebeu, nos últimos 10 anos, mais de 18 prémios e distinções internacionais pelo seu trabalho (por exemplo, Elvira Fortunato foi premiada com a Medalha Blaise Pascal da Academia Europeia de Ciências (2016); IDTechEx USA 2009 (transístor de papel); Prémio Europeu de Inovação da Mulher, Finlândia 2011).

Desde novembro de 2016, integra o Grupo de Alto Nível para o Mecanismo de Aconselhamento Científico da Comissão Europeia.