pixel ODS 10 - Reduzir as desigualdades | Universidade NOVA de Lisboa

ODS 10 - Reduzir as desigualdades

ODS 10 - Reduzir as desigualdades

A Universidade NOVA de Lisboa desenvolve a sua ação em torno do ODS 10 empoderando e promovendo a inclusão social, económica e política. Entre outros objetivos, a NOVA tem sido particulamente ativa na inclusão de pessoas com deficiência e minorias imigrantes, trabalhando em conjunto com as comunidades locais e as organizações da sociedade civil. A redução de desigualdades dentro da Comunidade NOVA, nomeadamente entre alunos e colaboradores, é também um fator distintivo da sua intervenção. 

Vídeo de apresentação - INNO
Versão curta, atualizada em abril 2021

 

DESTAQUES

  • The Social Equity Initiative, a partnership that aims to promote the social sector in Portugal in the long run, sketching a portrait of the sector and developing research and empowerment programs to support Portuguese social organizations.
  • The Inclusive Community Forum addresses the lives of people with disabilities that seeks to promote a more inclusive community. It intends to build a network composed of all those who intervene in the lives of these people, challenging them to play an active role in co-creating solutions.
  • NOVA Migration and Health group promotes collaborative research and knowledge to address the challenges of human mobility and migratory flows to health status, disease prevalence and healthcare systems. It aims to support the development of evidence-based health policy and services.

 

IMPACTO NA COMUNIDADE

As 9 Unidades Orgânicas da NOVA desenvolvem programas e iniciativas com impacto direto na nossa comunidade. Contate-nos, participe!

Descrição Calendário | Unidades Orgânicas

Adote um Dos Nossos

The project "Adote um Dos Nossos" fights loneliness in elderly people thourh a digital platform that conects these public with young people and families, promoting inter generational relationships and their active integration. é uma proposta de combate à solidão no envelhecimento através de uma ferramenta digital, que permite conectar pessoas séniores, jovens e famílias, fomentando o envelhecimento ativo e saudável através das relações intergeracionais, da participação e da integração social dos idosos.

Pernamente | ENSP - NOVA

Inclusive Community Forum | Peer2Peer

Peer2Peer is a preparation program for the job market, based on a one-to-one dynamic between a university student and a disabled person looking for work, aiming to provide an experience where two different realities meet.

Pernamente | Nova SBE

 

INVESTIGAÇÃO

A NOVA contribui significativamente para a investigação nas áreas ligadas ao ODS 10. Conheça mais sobre os seguintes projectos de investigação:

Identify the schools with the highest percentage of students of immigrant origin and their nationalities and explain the difference of results between students of immigrant origin and native students. Identify the factors that contribute to differences between schools in this phenomenon that can be considered as potential targets for intervention and produce recommendations for schools and educational policies.

This project experimentally evaluates the impact of an active immigrant integration program using a randomized controlled trial implemented among immigrants residing in the Greater Lisbon area and their relatives in Cape Verde.

 

PUBLICAÇÕES

 

ENSINO

A Universidade NOVA de Lisboa tem uma oferta educativa ligada aos ODS que se distingue pela sua qualidade e variedade. Estimula a integração da interdisciplinaridade e sustentabilidade em todos os ciclos de estudos e programas educativos.

ODS

Programas

ODS 10 -  Reduzir as desigualdades

Mestrado em Estudos sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura (FCSH)

Mestrado em Migrações, Inter-etnicidades e Transnacionalismo (FCSH)

Mestrado em Narrativas Culturais: convergências e aberturas (FCSH)

Doutoramento em Estudos de Género (FCSH, FD)

 

REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES EM NÚMEROS

Contribuição para o ODS 10 em 2019:

Número de alunos de 1ª geração que iniciaram um primeiro grau académico 1189
Número de alunos internacionais de países em desenvolvimento 249