15 Milhões de Euros atribuídos a consórcio integrado pela NOVA para implementação de Centro de Investigação em Medicina Regenerativa e de Precisão | Universidade NOVA de Lisboa

15 Milhões de Euros atribuídos a consórcio integrado pela NOVA para implementação de Centro de Investigação em Medicina Regenerativa e de Precisão

Consórcio que reúne cinco universidades portuguesas e uma britânica pretende explorar domínio da medicina focado em terapêuticas adequadas à singularidade de cada indivíduo.

Logo do Discoveries Centre for Regenerative and Precision Medicine (Discoveries CTR)

A Universidade NOVA de Lisboa, outras quatro universidades portuguesas e uma universidade britânica integram um consórcio que recebeu recentemente um financiamento de 15 milhões de euros da União Europeia para a implementação de um Centro de Investigação em Medicina Regenerativa e de Precisão em Portugal, até 2024.

The Discoveries Centre for Regenerative and Precision Medicine (Discoveries CTR) reúne a NOVA, a Universidade do Minho, a Universidade do Porto, a Universidade de Aveiro, a Universidade de Lisboa e a University College of London, no Reino Unido. O projeto recebeu a prestigiada Teaming Grant no âmbito do programa da União Europeia Horizonte 2020. A participação da NOVA neste projeto é assegurada pelo Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier e pelo CEDOC, Centro de Doenças Crónicas da NOVA Medical School | Faculdade de Ciências Médicas.

«O Discoveries Center nasceu graças ao conhecimento que estas instituições portuguesas já têm sobre a área, que foi considerado excepcional pela União Europeia. Queremos contribuir para o avanço do conhecimento científico nesta área da Medicina e com o financiamento que nos foi dado vamos poder atrair os melhores cientistas e conseguir reter os mais produtivos», referiu Paula Alves, coordenadora da participação do ITQB NOVA no consórcio.

A Medicina Regenerativa é uma área de investigação interdisciplinar que combina novas estratégias terapêuticas em contexto clínico para conseguir a regeneração de tecidos ou órgãos que foram lesados ou eliminados por doença ou acidente. Já a Medicina de Precisão é uma nova abordagem para tratamento e prevenção de doenças que considera a variabilidade entre pessoas, tornando cada doente único. O Discoveries CTR pretende ser um centro de investigação com vários polos que tire partido do conhecimento especializado de cada membro do consórcio. A sede deste centro, lançado oficialmente em Londres a cinco de fevereiro, será na Universidade do Minho.

Saiba mais sobre este projeto no site do ITQB NOVA

Discoveries CTR
A Universidade NOVA de Lisboa no lançamento do projeto Discoveries CTR em Londres: Ana Sofia Coroadinha, Paula Alves e Catarina Brito do ITQB NOVA e António Jacinto e Miguel Seabra do CEDOC da NOVA Medical School | Faculdade de Ciências Médicas