Investigadora da NOVA distinguida pelo Howard Hughes Medical Institute com um financiamento de 650 mil Euros

Catarina Homem está entre os 41 investigadores distinguidos pelo instituto. 

Catarina Homem CEDOC HHMI

O Howard Hughes Medical Institute (HHMI) distinguiu Catarina Homem, investigadora do CEDOC - Centro de Estudos de Doenças Crónicas da NOVA Medical School - Faculdade de Ciências Médicas, como "International Research Scholar". Esta distinção representa um financiamento de 650 mil dólares durante cinco anos para a investigadora continuar a desenvolver a sua investigação no Laboratório de Proliferação e Regulação das Células Estaminais.

Este programa, criado pelo HHMI, a Fundação Bill & Melinda Gates, o Wellcome Trust e a Fundação Calouste Gulbenkian e que tem como lema “Pessoas, Não Projetos”, selecionou 41 investigadores notáveis em início de carreira a nível mundial.

Em Portugal foram também selecionados a investigadora Ana Domingos do Instituto Gulbenkian de Ciência e o investigador Joseph Paton da Fundação Champalimaud.