pixel NOVA atribuiu título de Doutor Honoris Causa a Matshidiso Moeti, Diretora Regional da Organização Mundial de Saúde para África | Universidade NOVA de Lisboa

NOVA atribuiu título de Doutor Honoris Causa a Matshidiso Moeti, Diretora Regional da Organização Mundial de Saúde para África

A Universidade NOVA de Lisboa atribuiu o título de Doutor Honoris Causa a Matshidiso Moeti, médica especialista em Saúde Pública e Diretora Regional da Organização Mundial de Saúde para África. A cerimónia teve lugar na Reitoria da NOVA, no dia 5 de março.

O Professor Paulo Ferrinho, antigo Diretor do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da NOVA, foi o padrinho da doutoranda, solicitando a atribuição deste título como reconhecimento pela sua relevante carreira na área da Saúde Pública, assim como pela sua contribuição no combate ao HIV nos países africanos e pela sua colaboração com a NOVA.

O elogio da Doutoranda foi proferido pelo Professor Luis Gomes Sambo, que recordou o percurso profissional da médica ao serviço da busca de soluções de grande impacto para a saúde em África, em especial na luta contra a SIDA, tendo descrito Matshidiso Moeti como “uma mulher de qualidades irrefutáveis; uma líder na busca permanente de soluções; uma veterana de saúde pública comprometida com a qualidade de vida e bem-estar dos cidadãos”. Acrescentou ainda que as contribuições da médica “orgulham a comunidade académica e científica e constituem um iniludível impulso para os nossos propósitos comuns de saúde e desenvolvimento sustentável inclusivo.”

Já o Reitor da NOVA, Professor João Sàágua, destacou alguns aspetos da Laurerada que considera estarem alinhados com a missão e valores da NOVA, como o sentido de servir a comunidade através de uma agenda inclusiva e colaborativa e em linha com objetivos de desenvolvimento sustentável; uma liderança baseada no alcance de objetivos através de parcerias significativas e transversais a vários setores, e o envolvimento em matéria de igualdade de género.  

A colaboração foi também um dos temas centrais no discurso de aceitação de Matshidiso Moeti, que lembrou que a divisa da Universidade - Toda a cidade dividida contra si mesma, não permanecerá – é uma mensagem que revela a importância da parceria e da igualdade, sugerindo existir espaço e oportunidade para que a NOVA e a Organização Mundial de Saúde colaborem futuramente na área da Saúde Pública, sobretudo nos países africanos de língua oficial portuguesa.

Reveja os melhores momentos da cerimónia na galeria abaixo.


Sobre a laureada

Matshidiso Moeti é médica, especialista em Saúde Pública. Com uma carreira dedicada à promoção de cuidados de saúde e bem-estar das populações, atualmente é Diretora Regional da Organização Mundial de Saúde para África, sendo a primeira mulher eleita para este cargo. Matshidiso Moeti é reconhecida por defender a igualdade de género e tem trabalhado para melhorar o acesso das mulheres aos cuidados de saúde.